Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

CLAUDINE

Ela se destaca nos meus olhos. Saltita alegrias. Nos rodopios, o vestido de rendas e babados restaura harmonias antigas. A minúscula mãozinha agarra o pai carrancudo. Puxa-o na avidez de conhecer os detalhes do mundo. Aos gritinhos, arrasta-o, estimulando-o a ver. Ver e opinar. Dizer como é lindo, como é feio, engraçado, estranho, tudo que se oferece descompromissado aos seus olhinhos curiosos. Observo e meu coração dói. Vontade de agarrar esse pai pelo colarinho. Sacudi-lo com violência pedagógica. Acordá-lo dos seus trinta, quarenta anos. Forçá-lo a sentir a felicidade que flui gratuita por seu braço indiferente. Gritar para que olhe, uma vez ao menos, para baixo. Fazê-lo ver que a vida berra na alegria voluntária da filha, pesquisadora do mundo. Contenho-me e ele... (leia mais)

Airo Zamoner




Sexo e Dança de Salão

Quando “fui iniciada” nas artes da dança de salão, no início da década de 1990, percebi algo nebuloso e fortemente relacionado a sexo na atividade. Desde então venho observando, analisando, pesquisando e estudando a natureza desta relação. Precisei de anos para chegar ao ponto de entendê-la. Por ocasião do meu primeiro contato com a dança de salão, percebi que esta atividade exercia uma influência avassaladora sobre o comportamento sexual das pessoas de qualquer faixa etária. Inicialmente, imaginei que isto se devia ao fato de que a dança de salão é dependente da relação de masculinidade e feminilidade. Esta relação se dá por... (leia mais)

Maristela Zamoner




Default



   > Jorge Rodrigues

  AUTOR  
 
Jorge Rodrigues

A minha inspiração e base de entendimento vem do dom que Deus me deu: O dom de saber e discernir todas as coisas, desvendar seus segredos, e revelar conhecimento.

Sou um autodidáta que adquiriu conhecimento sem livros e sem mestres por cerca de 10 anos. Minha cultura formal procede unicamente da bíblia (as escrituras do antigo testamento e novo testamento), e do dom que Deus me deu: A arte de criar e conhecer a natureza de todas as coisas por inpiração.

Possuo trabalhos (livros revolucionários e exclusívos), criações artísticas que envolvem manuais de instrumentos para iniciantes (sem nenhuma bibliografia e sem nenhum mestre), arte marcial, romances curtos (uma estória, e um projeto a ser continuado), e escritos exclusívos que são parábolas, curiosidades sobre cinema, provérbios, lições bíblicas, e alguns textos de humor todos exclusívos.