Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

“D” DE “DEUTSCHLAND”, POR QUE, ENTÃO, “ALEMANHA”???

Uma tradução de Tânia Gabrielli-Pohlmann “D” = “Deutschland”? Que coisa estranha! Quem fala português, diz “Alemanha”; em espanhol este país se chama “Alemaña”; aqueles que falam inglês, adotaram o termo “Germany” e quando se vai para o Leste Europeu, o “Schwabo” é que designa o cidadão alemão. Mas o que se vê nas placas de automóveis alemães é a letra “D” indicando “Deutschland”. Por quê? De onde vêm tantos termos diferentes para indicar um único país? A língua alemã e o povo alemão formaram-se, basicamente, através de diferentes grupos étnicos, tendo cada qual sua língua. A existência de registros escritos em língua alemã remonta ao Século VIII d.C.. A língua oficial era o latim, mas o povo se comunicava em seus... (leia mais)

Clemens Maria Pohlmann




O DESAFIO DO MERCOSUL

A UNESCO PUBLISHING tem-me inteirado de seus projetos dedicados não apenas à divulgação da cultura dos mais diversos povos. A edição de obras voltadas à discussão e análise profundas das mais delicadas questões sócio-culturais têm desempenhado um importante papel na busca de caminhos viáveis à manutenção de tradições, sem que isto signifique o isolamento ou o retardamento dos países correspondentes no processo de integração. Inclusive e especialmente da cultura. Chega às minhas mãos a obra “ Identidad, Integración y Creación Cultural en América Latina – El Desafío del Mercosur ”, de Gregorio Recondo, editado pela UNESCO PUBLISHING em parceria com a EDITORIAL DE BELGRANO . Esta obra surpreende não apenas pela gama de informações a respeito das... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > Maicon Martta

  AUTOR  
 
Maicon Martta

O professor Maicon Martta é Bacharel em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul, é Pós-graduado em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Salesiana de Santa Teresa. Possui especialização em Ensino e Aprendizagem da Geografia pela Universidade Católica de Brasília e em Metodologia de Ensino de Filosofia e Sociologia pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci.

Atualmente é professor EBTT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS) onde leciona Filosofia para nivel o técnico integrado e para o Superior. Pesquisa temas transversais sobre Ética, Trabalho e Filosofia Política, Educação, Antropologia Filosófica, Estética, Religião e Mitologia Comparada. 

 

 Pela editora Protexto publicou também Ética e Liberdade em Spinoza (2013) e Pensamentos de Ontem para Depois de Amanhã (2014).