Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Aos dez anos

O irmão chegou com uma novidade: se ela colocasse um fio de cabelo dentro de um vidro cheio d’água e tampasse bem tampado, ele se transformaria em uma cobra. - Mas tem que ser com a raiz, disse. Porque ela é que vai ser a cabeça da cobra. E tem mais – não pode ficar dentro de casa. Tem que ficar no chão, perto da terra. Arrancou o fio de cabelo mais comprido que encontrou, com raiz e tudo. Colocou num vidro, tampou bem tampado, colocou no chão embaixo de uma mangueira e ficou esperando. - Já tem três dias e não tô vendo nada mudar... - Calma, né? - Quem disse pra você que cabelo vira cobra? - O Betinho. Ele disse que a vó dele disse que um irmão dela fez isso e virou cobra. - Ah!... Outros tantos dias,... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




MORDAÇAS CULTURAIS?

“... A língua é minha pátria, e eu não tenho pátria, tenho mátria e quero frátria...” “Língua” Caetano Veloso “Vossa Mercedes aceita uma chávena de chá?” – tradução: “Cê qué um chá?” Pois é... Nossa belíssima Língua Portuguesa está sendo muito maltratada... Mas nos orgulhamos de nossa unicidade lingüística, apesar de nossos quase 8.600.000 Km². Oficialmente não há dialetos no Brasil. E nos orgulhamos disto. De uma mentira oficializada? De um massacre brutal, porém discreto? Que tenhamos apenas uma língua oficial em todo o território brasileiro é de se aceitar e de causar orgulho. Especialmente quando se vê a dificuldade de comunicação entre os habitantes de um país territorialmente tão... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > Maicon Martta

  AUTOR  
 
Maicon Martta

O professor Maicon Martta é Bacharel em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul, é Pós-graduado em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Salesiana de Santa Teresa. Possui especialização em Ensino e Aprendizagem da Geografia pela Universidade Católica de Brasília e em Metodologia de Ensino de Filosofia e Sociologia pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci.

Atualmente é professor EBTT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS) onde leciona Filosofia para nivel o técnico integrado e para o Superior. Pesquisa temas transversais sobre Ética, Trabalho e Filosofia Política, Educação, Antropologia Filosófica, Estética, Religião e Mitologia Comparada. 

 

 Pela editora Protexto publicou também Ética e Liberdade em Spinoza (2013) e Pensamentos de Ontem para Depois de Amanhã (2014).