Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

O MERGULHO

Aquele brusco tremor o impulsionou violentamente para trás. Já sentira isso há muito tempo, quando inadvertidamente, colocara o dedo no bocal de uma lâmpada. Experiência assustadora! Alguma coisa entrara subitamente em seu corpo. Ao mesmo tempo em que, num ato reflexo, puxara a mão de volta, sentira uma contraditória atração. Queria levar outro choque! Quantas vezes, ao ver um bocal sem lâmpada, sentira novamente aquela estranha tentação. Sempre resistiu bravamente. Agora, contudo, num misto de sofrimento e prazer, toda aquela sensação se repetia e nada tinha a ver com o choque elétrico! Letras. Palavras. Livros. Depois que dominara as letras, passara a admirar as palavras. Ficava horas, olhando e pensando nelas. Letras sem sentido adquiriam uma espécie de vida... (leia mais)

Airo Zamoner




SEMEADURA

Avistando um aglomerado de mercadores, um andarilho gritou, decidido: - Atenção! Fechem o caminho; vou passar! Surpreso ao sentir um toque em seu ombro, voltou-se e deparou com a razão: - Por que agiste desta forma? Não sabes que é preciso caminho aberto para seguir adiante? O andarilho, sentando-se sob gigantesca árvore de multividências, dirigiu-se à razão, num repente: - Pedi que fechassem o caminho para que minha loucura não fugisse... A razão, mais confusa que convencida, argumentou sem hesitar: - Não há coerência no que dizes. Explica-te ou afasta-te de mim! Cruzando os braços sobre os joelhos, o andarilho insistiu: - Não desejei que minha loucura partisse, por não querer viver comprometido com tua existência mascarada... A razão, indignada, protestou sem mais... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > maria josé braga afonso

  AUTOR  
 
maria josé braga afonso

VEJO-ME AS VEZES, SÓ AS VEZES ME SENTINDO DESANIMADA ANTE A VIDA, MESMO TUDO ESTANDO CERTO, SINTO-ME VAZIA, SENSAÇÕES INESPLICÁVEIS DE TRISTEZA COMO SE ALGO, ESTIVESSE FALTANDO DENTRO DE MIM.

NÃO COSTUMO FUGIR DOS PROBLEMAS, DOS MEUS PROBLEMAS, A COVÁRDIA NUNCA FOI UMA DE MINHAS QUALIDADES, CONTUDO OS PROBLEMAS DOS OUTROS ME AFETAM CONSIDERAVELMETE, PRINCIPALMENTE OS DE MINHA FAMÍLIA.

MUITAS COISAS QUE ALMEJEI ATÉ AQUI, AINDA NÃO REALIZEI E SE TORNA QUASE IMPOSSÍVEL FUGIR DA FRUSTRAÇÃO QUE ME INVADE VEZ OU OUTRA.

DEVO SEM DÚVIDA CONSIDERAR-ME UM SER HUMANO DE SORTE, NÃO QUERO QUE PENSEM QUE ESTEJA DESGOSTOSA COM A VIDA QUE TENHO, DE FORMA ALGUMA, PODERIA ARREPENDER-ME, DE MEUS TRÊS FILHOS LINDOS E SAUDÁVEIS QUE DEUS CONCEDEU A ESTE  SER QUE VOS FALA.

GARANTO-LHES DE QUE, ELES SÃO SEM DÚVIDA OS FREIOS SOB MEUS PÉS  E ASAS PARA OS MEUS SONHOS MAIS LINDOS É, POR ELES QUE VIVO, QUE RESPIRO SEM ELES NADA SOU NESTE MUNDO.

AINDA ONTEM LEMBREI DO DIA QUE NASCERAM; TÃO PEQUENINOS E TOTALMENTE INDEFESOS AINDA NÃO ERAM LINDOS COMO SÃO AGORA, MAS ERAM TUDO, TUDO QUE MUDARIA PARA SEMPRE MINHA FORMA DE VER A VIDA, NÃO MAIS COM MEUS OLHOS, POIS SOBRE TUDO ATRAVÉS DOS OLHOS DELES, HAJA VISTA QUE HOJE COM CERTEZA ABSOLUTA, QUE NÃO VIVO PARA OS MEUS SONHOS E SIM PARA OS SONHOS DELES.

QUANDO ISSO ACONTECE SINTO-ME FORTE COMO A UMA ROCHA E, TODO O DESANIMO DESAPARECE COMO EM UM PASSE DE MÁGICA, VEJO ENTÃO QUASE QUE DE IMEDIATO, O PODER QUE MEUS FILHOS EXERCEM SOBRE MIM E, MINHA MENTE, MINHA ALMA, MEU CORPO, MEU CORAÇÃO....

DESCUBRO AGORA QUE FELICIDADE É, EXATAMENTE ISSO VIVER: VIVER SEM MEDO, VIVER PARA APRENDER A NÃO TER MEDO, PORQUE " DEUS ", QUANDO CRIOU O MUNDO DISSE: _ ISSO É MUITO BOM _

E QUEM SOMOS NÓS PARA DIZER O CONTRÁRIO.