Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Cãimbra do escrivão, a deficiência, o deficiente e a felicidade.

Como portadora da cãimbra do escrivão, entendo que, a partir do momento que compreendemos, mesmo que em linhas gerais, a natureza biológica do problema e a condição em que a Ciência se encontra diante dele, podemos nos posicionar com atitudes e pensamentos para descobrir formas de sermos felizes, o que, acredito, deveria ser o objetivo principal de cada ser humano. Para sermos felizes, precisamos ser produtivos, fazendo parte da sociedade de maneira contributiva. Li muitos trabalhos científicos até entender bem o que é esta condição e as escolhas que temos diante dela. Talvez por ser bióloga, percebi logo, um ano antes do meu diagnóstico, em meados de 2001, que não era um problema ortopédico. Fui direto a um neurologista, que me encaminhou para outro e para outro... (leia mais)

Maristela Zamoner




RUGAS DE UM SORRISO

Ah, aqueles tempos de DCE (DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES)!. Sua sede social ficava(ou ainda fica?) ali na rua Gonçalves Dias, bairro de Lourdes, na bela capital mineira As horas dançantes aconteciam quase sempre aos sábados. Era um festival de moças bonitas e casadoiras. Os universitários ali se reuniam para uma paquera geral. Normalmente, os rapazes permaneciam em pé, muitas vezes caminhando em volta das mesas, sem ocupá-las, para não pagarem gorjetas ao garçom. Iam diretamente ao bar e compravam suas bebidas. As moçoilas, sim, sentavam-se às mesas, às vezes com seus pais, parentes, ou acompanhadas de colegas, irmãos ou... (leia mais)

GERALDO DE CASTRO PEREIRA




Default



   > André Kura

  AUTOR  
 
André Kura

André Kura nasceu em Campinas - SP - em 1980.

Vindo de uma família humilde André Kura sempre povoou a sau mente com grandes sonhos.

Em 2007 após ter tido um insight percebeu que era chagada a hora de por em prática os seus lampejos psíquicos.

Desde a sua mais tenra infância sua destreza em captar nos outros os seus desamores e suas dificuldades fez com que desenvolvesse uma teoria sofisticadíssima sobre a mente humana.

Em 2009 após ter dado vida a sua teoria não se circunscreveu em destrinchar sua teoria para que a população pudesse com uma linguagem simples conhecer sua teoria. Assim, nasceu Kura O Inaudível.

Atualmente André Kura vem fazendo palestras sobre o inédito e intrigante fenômeno EIC.

Com um vasto conhecimento nas áreas:  psicologia cognitivo-comportamental, programação neurolinguistica, teoria multifocal, psiquiatria, psicanálise, para-psicologia, hipnose vem com uma audácia imensurável mostrar como é possível a mudança cognitiva e como as áreas citadas a cima pode colaborar para essa mudança assim como pode fazer com que morremos da pior forma; em vida