Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

MORDAÇAS CULTURAIS?

“... A língua é minha pátria, e eu não tenho pátria, tenho mátria e quero frátria...” “Língua” Caetano Veloso “Vossa Mercedes aceita uma chávena de chá?” – tradução: “Cê qué um chá?” Pois é... Nossa belíssima Língua Portuguesa está sendo muito maltratada... Mas nos orgulhamos de nossa unicidade lingüística, apesar de nossos quase 8.600.000 Km². Oficialmente não há dialetos no Brasil. E nos orgulhamos disto. De uma mentira oficializada? De um massacre brutal, porém discreto? Que tenhamos apenas uma língua oficial em todo o território brasileiro é de se aceitar e de causar orgulho. Especialmente quando se vê a dificuldade de comunicação entre os habitantes de um país territorialmente tão... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Mãe... nhe! Engoliram o papai!!

– Com Deus me deito, com Deus me levanto... “Eu SEI que é ele que está lá... Fica lá, só me olhando...” – Com a graça de Deus e do Divino Espírito Santo. “ Por que ele num vai embora?...” – Ave Maria cheia de graça... “Mamãe não tinha nada de mudar pra essa casa cheia de fantasmas... João fica dizendo que eu sou medroso, que fantasma não existe... Não existe uma ova... E aquele alí?” – O Senhor é convosco... “Como é que na outra casa eu não via nada? Essa casa é mal-assombrada, sim senhor... Ai, meu Deus, olha ele lá outra vez... Me olhando com aqueles olhos sem cara...” – Rogai por nós pecadores... “Vou tampar o rosto...” – Agora e na hora... “Tou escutando uns passos... É ele que... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




Default



   > altair almeida

  AUTOR  
 
altair almeida

A respeito do autor

Altair de Almeida

Natural de São Paulo,capital, graduou-se em tecnologia pela POLI-USP, fez  pos-graduação em administração com ênfase emmarketing e logo após  MBA em marketingpela FGV.

Sempre trabalhou emgrandes empresas de tecnologia, onde especializou-se em marketing eprincipalmente no relacionamento e no olhar sobre o ser humano.

Atualmente é  um profissional do segmento de tecnologia,consultor e palestrante.

Seus autorespreferidos são: o poeta W.B.Yeats, Baudelaire, Walt Withman, e também Franz Kafka, Dostoievsky e LygiaFagundes Telles.

Seu primeiro livrofoi “Paisagens da minha janela”.

Se por um lado suapoesia, mostra a busca incansável de algo e de alguém, seus contos sofrem ainfluencia desses autores onde o cotidiano mostra explicitamente sua facesurreal.

Suas crônicas mostramo desconforto do homem moderno em meio a tudo ao seu redor, mas também mostrama esperança no ser humano e nas energias que governam a todos e a tudo.