Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

DEUS EX-MACHINA

Gostaria de falar não dum recurso técnico de última hora, ou de mágica inexplicável do computador. Mas sim, de um “Deus que desce por meio de uma máquina”, amorfo, subentendido, perversamente escondido em todas as frases, sons e imagens da violência atual. Tenho me encontrado com um certo “DEUS EX-MACHINA” com freqüência, embora o tente repeli-lo, ele tem insurgido insistentemente em quase tudo que leio, assisto e vejo. É possível demonstrar sua presença atualmente em mais de 80% do que se escreve, filma ou televisiona. Fica difícil explicar à luz da lógica, esta capacidade milagrosa dos “mocinhos”, “heróis” atuais de escaparem ilesos das cenas violentas a que são submetidos. São “Imagens”, “Sons” e “Letras”, que surgem não sei donde;... (leia mais)

Gilmacedo




ROSINHA - CONTA – CASOS

Há muito, muito tempo, nasceu no céu uma linda nuvenzinha cor-de-rosa. Nossa! Foi o maior zum-zum-zum. Imagine só! Uma nuvem cor-de-rosa! Não se falava em outra coisa. A casa de Mamãe-Nuvem vivia cheia de visitas. Todos queriam conhecer a nuvenzinha colorida. Todos queriam conhecer Rosinha. Ah! Sim! Ela recebeu o nome de Rosa. Mas logo, logo, virou Rosinha. O tempo foi passando e Nuvem Cor-de-Rosa, aliás Rosa, aliás Rosinha, foi crescendo cada dia mais linda. E não era só linda, não. Era inteligente, alegre, super simpática e tinha uma facilidade incrível para fazer amigos. Todo mundo adorava conversar com ela. Sabe por quê? Porque Nuvem Cor-de-Rosa tinha um dom muito especial: ela inventava casos. Pois é! Ela adorava inventar casos e contá-los... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




Default



   > Cleso Firmino

  AUTOR  
 
Cleso Firmino

Cleso Firmino é Sul-Mato-Grossense, natural de Camapuã, mas há 18 anos reside na belíssima Coxim — “Capital do Peixe”, também denominada de “Terra do pé-de-cedro” — ao norte de Mato Grosso do Sul.

Formado em Letras pela UFMS, escreve desde os 13 anos, tendo publicando seu primeiro livro de poesias “NOIVA DO PANTANAL”, aos 17, pela ANE – Associação de Novos Escritores de MS, incentivado pelo advogado, poeta e também amigo Dr. Etevaldo Vieira de Oliveira.

Entre os anos de 1994 e 1999, durante o serviço militar, escreveu o livro “POESIA NA CASERNA”, publicado pelo Clube de Autores com o título "Colcha de Retalhos". 

Como Conto avulso, publicou “PLANETA DAS MULHERES”, no formato pocket, apresentando ao leitor uma reflexão sobre a violência doméstica.

Em “O REENCONTRO e outras escritas”, Cleso apresenta uma coletânea de textos para todos os gostos. São 12 contos onde o autor convida o leitor a fazer uma fantástica viagem pelo encantado mundo da leitura.

Além de poeta e escritor, é também compositor evangélico tendo contribuído para diversos álbuns de artistas regionais desde 2004.

 

Visite a página do autor:

www.clesofirmino.jimdo.com