Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Aos dez anos

O irmão chegou com uma novidade: se ela colocasse um fio de cabelo dentro de um vidro cheio d’água e tampasse bem tampado, ele se transformaria em uma cobra. - Mas tem que ser com a raiz, disse. Porque ela é que vai ser a cabeça da cobra. E tem mais – não pode ficar dentro de casa. Tem que ficar no chão, perto da terra. Arrancou o fio de cabelo mais comprido que encontrou, com raiz e tudo. Colocou num vidro, tampou bem tampado, colocou no chão embaixo de uma mangueira e ficou esperando. - Já tem três dias e não tô vendo nada mudar... - Calma, né? - Quem disse pra você que cabelo vira cobra? - O Betinho. Ele disse que a vó dele disse que um irmão dela fez isso e virou cobra. - Ah!... Outros tantos dias,... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




PRESIDENTE! O SONHO ACABOU...

Ele esfregou os olhos como criança. Piscou várias vezes. A penumbra da manhã impúbere digladiava contra a noite rebelde, envelhecida, teimosa. Ela sabia de sua derrota cotidiana, desistiu e se encolheu, aguardando escondida em conhecidos cantos inabitados. Conformada, sabia da vitória certeira contra a iluminação do dia que murcharia dentro de algumas horas. Ele voltou a esfregar os olhos remelentos, sentir o sonho recém apagado. A agenda do dia disparou assessores pelas quinas do palácio. Desde os primeiros dias de poder, não havia mais tempo para devaneios infantilóides e o sonho se dissipava no emaranhado confuso das marchas e contra-marchas, dos argumentos e contra-argumentos, das possibilidades e impossibilidades, todas ignoradas no longo, muito longo e mal feito... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Roberto de Souza

  AUTOR  
 
Roberto de Souza
"Roberto de Souza, nascido em 1962 em Salvador, Bahia, acumulou grande experiência com pessoas nos diversos cargos que exerceu. Foi palestrante, realizando inúmeras apresentações para públicos os mais diversos, e autor do livro Tempere Seu Humor, lançado em 2008, pela Editora Protexto. Mas, em 2009, sofreu um derrame isquêmico e por orientação médica parou as atividades de palestrantes e escritor. Oito anos depois, resolveu reescrever a sua história. Está lançando este novo livro – Só Ria, Mesmo Que Você Não Esteja Sendo Filmado. Criador do Instituto do Bom Humor, junto com a sua esposa, está iniciando um novo trabalho, para que as pessoas sejam felizes. Para ele, se você é feliz, afetará o humor das outras pessoas. Diariamente, enfrentamos alegrias e tristezas, mas se formos positivos influenciaremos as pessoas. Formado em Administração de Empresas, e pensando em empresas mais felizes, ele te convida a este mundo do bom humor, mesmo que não esteja sendo filmado. Ele quer ser feliz, distribuindo alegria. Por que rir, é bom demais.”