Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

“D” DE “DEUTSCHLAND”, POR QUE, ENTÃO, “ALEMANHA”???

Uma tradução de Tânia Gabrielli-Pohlmann “D” = “Deutschland”? Que coisa estranha! Quem fala português, diz “Alemanha”; em espanhol este país se chama “Alemaña”; aqueles que falam inglês, adotaram o termo “Germany” e quando se vai para o Leste Europeu, o “Schwabo” é que designa o cidadão alemão. Mas o que se vê nas placas de automóveis alemães é a letra “D” indicando “Deutschland”. Por quê? De onde vêm tantos termos diferentes para indicar um único país? A língua alemã e o povo alemão formaram-se, basicamente, através de diferentes grupos étnicos, tendo cada qual sua língua. A existência de registros escritos em língua alemã remonta ao Século VIII d.C.. A língua oficial era o latim, mas o povo se comunicava em seus... (leia mais)

Clemens Maria Pohlmann




Vida vazia, vida marota!

Dr. Agildo caminhou vagarosamente até a enorme varanda. Saboreava os momentos do entardecer, um a um, como rotina para receber a noite implacável e então, recolher-se para o descanso. Desta vez, contudo, sentia-se diferente. Seus pensamentos esvoaçavam de um canto para outro da memória, contrariando seus comandos, inquietando seu espírito. Sentou-se na velha cadeira, admirando o extenso jardim. Os canteiros, emoldurando as divisas com suas cores imprevisíveis, tentavam suavizar seus sobressaltos. O ipê majestoso, que ele próprio plantara há tantos incontáveis anos, mantinha-se incólume a seus pensamentos. Parou seus olhos no aparente desordenado trabalho da velha árvore, largando o amarelo de pétalas a se desprenderem a cada instante, formando verdadeira alcativa.... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Francisco José Costa dos Santos

  AUTOR  
 
Francisco José Costa dos Santos
FRANCISCO JOSÉ COSTA DOS SANTOS É graduado em Letras/Inglês pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. É mestrando em Linguística no programa de Pós Graduação em Estudos da Linguagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, é professor concursado (licenciado) da Prefeitura Municipal de Pendências/RN, atuando como professor de Língua Inglesa do 6º ao 9º ano. (em Licença para Mestrado) Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, pesquisa, língua estrangeira, lúdico e Oralidade. Ex-presidente do Centro Acadêmico de Letras Poeta Renato Caldas (UERN) ex-membro da Executiva Potiguar de Letras. Tem artigos acadêmicos publicados em jornais da região do Vale do Açu e é co-autor e organizador dos Livros: LETRAS PLURAIS: Língua, Ensino e Discurso e LETRAS PLURAIS: Crenças e Metodologias do Ensino de Línguas; LETRAS PLURAIS: Leitura e Linguistica, É pesquisador da Linguagem Não Verbal em Sala de Aulas; Prof. Bolsista do REUNI na ECT/UFRN.