Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Cãimbra do escrivão, a deficiência, o deficiente e a felicidade.

Como portadora da cãimbra do escrivão, entendo que, a partir do momento que compreendemos, mesmo que em linhas gerais, a natureza biológica do problema e a condição em que a Ciência se encontra diante dele, podemos nos posicionar com atitudes e pensamentos para descobrir formas de sermos felizes, o que, acredito, deveria ser o objetivo principal de cada ser humano. Para sermos felizes, precisamos ser produtivos, fazendo parte da sociedade de maneira contributiva. Li muitos trabalhos científicos até entender bem o que é esta condição e as escolhas que temos diante dela. Talvez por ser bióloga, percebi logo, um ano antes do meu diagnóstico, em meados de 2001, que não era um problema ortopédico. Fui direto a um neurologista, que me encaminhou para outro e para outro... (leia mais)

Maristela Zamoner




A EDUCAÇÃO

A EDUCAÇÃO É REALMENTE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DO GOVERNO? Lendo o discurso de posse do atual Ministro da Educação, Cristovam Buarque, que já antes de sua nomeação havia-me enviado muitos artigos a respeito de seus projetos sociais especialmente dedicados à educação, não posso deixar de pensar nas tantas atividades que vêm sendo desenvolvidas no Brasil independente e paralelamente ao setor público. Atividades, inclusive, que não recebem qualquer apoio financeiro externo além da colaboração voluntária de integrantes, sejam eles pertencentes a grupos religiosos ou simplesmente grupos de amigos conscientes de seu papel social. Se a nossa sociedade tem nos mostrado a urgência de uma reestruturação no sistema de educação, o que se pode fazer de imediato,... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > Tatiane de Amorim Batista

  AUTOR  
 
Tatiane de Amorim Batista

   Começo dizendo...- Oi oi gente!!!

   Oi como vai você?

   Como Cê Tá?

   Tô brincando.. isso já existe..rsrs, vou tentar de novo...

-  Olá pessoas, animais, borboletas.. rsrs

   Quero me apresentar!

-  Aos que ainda não me conhecem, muito prazer sou Tatiane Amorim mais conhecida como (a maluquinha )

   Aos que acham que me conhecem  ... Meus pêsames... Nem eu sei quem sou!  Me surpreendo a cada momento com minha atitudes e pensamentos ...

   "BASS" sou uma pessoa comum, tentando ser diferente! 

     Nada além disso... 

     Passei por muitos obstáculos nestes meus 22 anos, e tenho a certeza que virá muitos ainda pela frente...

     O meu diferencial é que aprendo com eles, com estes erros e obstáculos,   tenho sim um visão bem louca de certas coisas, arrisco dizer  que pouquíssimas pessoas tem o mesmo pensamento que eu.

    Gosto de ser assim “diferente”, todos são muitos previsíveis, chatos. Eu gosto do estranho , do perigo , de me arriscar e me entregar de corpo e alma naquilo que eu acredito , gosto de tentar e quebrar a cara , e logo depois tentar de novo .

   Ainda aprecio qualidades como : solidariedade, sinceridade  e compreensão.

   Na minha singela opinião, quando se luta pelo que você acredita, você evolui pessoalmente, com estes altos e baixos, mas parecido como uma onda no mar (lembrei daquela música agora. rsrs)

    Muitas vezes eu canso e me vem a vontade de  desistir , esquecer, ou simplesmente deixar pra lá ...

     Mas minha vontade de vencer é maior ,  de fazer diferente , de fazer a diferença para alguém , e um dia ouvir , “ Cara , muito obrigado, você me ajudou muito”.

      Sou uma pessoa muito impulsiva e por isso erro muitas vezes , e aprendo com isso . Me arrisco , encaro a realidade de frente e quando da errado ... Paciência! Pelo menos tentei. 

      Gosto muito de  filmes, seriados, música , dançar, jogar vôlei, caminhar, correr e neste ano de 2014 ando escrevendo e lendo muito.

   Me defino como Intensa ! (as vezes ao extremo).

  Tudo que amo,eu deixo bem claro,exemplos:  Rosa de Saron(banda), One tree hill(seriado),paixão por Relógios(vicio), complexo por Filmes(mania).

   Cada pessoa que passou em minha vida nestes 22 anos, registraram  eternos em mim , e tudo que sou  hoje é um pouquinho de cada um .    

    Até mesmo as pessoas que me fizeram chorar um dia , porque eu evolui e aprendi , elas nem imaginam que   me fizeram mais forte!

   Hoje eu consigo me recompor com a minha fé em dias melhores, seguido de piores , e assim vai !

   Graças a bondade de Deus. Que me leva a crer que tudo vai dar certo...