Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

REBELDIA

- Espere aí! Você não está querendo dizer que o que me falta é rebeldia, está? - Estou! - Isso é inacreditável! Tive uma vida regrada. Tudo certinho no lugar. Me formei, fiz mestrado, doutorado, pós-doutorado e trabalho diuturnamente em pesquisas vitais para a humanidade... Não sou estúpido pra jogar tudo isso pro alto! - Estou tentando ajudar a explicar essa sua sensação... Você está aqui agora, em pleno horário de expediente, sentado comigo neste banco público... Por quê? - Já disse antes! Não me sinto bem! - E o médico? - Não é coisa de médico... - Então, voltamos ao início. Vou falar agora com todas as... (leia mais)

Airo Zamoner




A EDUCAÇÃO

A EDUCAÇÃO É REALMENTE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DO GOVERNO? Lendo o discurso de posse do atual Ministro da Educação, Cristovam Buarque, que já antes de sua nomeação havia-me enviado muitos artigos a respeito de seus projetos sociais especialmente dedicados à educação, não posso deixar de pensar nas tantas atividades que vêm sendo desenvolvidas no Brasil independente e paralelamente ao setor público. Atividades, inclusive, que não recebem qualquer apoio financeiro externo além da colaboração voluntária de integrantes, sejam eles pertencentes a grupos religiosos ou simplesmente grupos de amigos conscientes de seu papel social. Se a nossa sociedade tem nos mostrado a urgência de uma reestruturação no sistema de educação, o que se pode fazer de imediato,... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > Livino Virginio Pinheiro Junior

  AUTOR  
 
Livino Virginio Pinheiro Junior

Livino Virgínio Pinheiro Júnior, nasceu em Fortaleza-Ceará no dia 07 de setembro de 1946. É médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará e desde a sua formatura em 1973 teve a seguinte trajetória: dois anos de residência médica e logo a seguir foi seduzido pela carreira universitária. Fez concurso para o Departamento de Patologia e Medicina Legal(DPML), visto que nos três últimos anos como acadêmico foi monitor das disciplinas ofertadas pelo DPML, que proporcionava um campo fértil para aqueles que tinham vocação e desejavam seguir a carreira universitária. Dedicou-se com afíncuo a carreira e foi galgando seus degraus: Prof. Auxiliar I, II, III e IV; Prof. Assistente I, II, III e IV; Prof. Adjunto I, II, III e IV.

Seu regime de trabalho era de 40 horas semanais distribuídas entre ensino, pesquisa e extensão (ler lâminas de biópsias originárias do Hospital Universitário, Maternidade Escola e do Instituto do Câncer do Ceará, bem como realização de necrópsias dos referidos hospitais.

Além destas atividades foi eleito por duas vezes Chefe do DPML, tendo que se preocupar também com a administração.

No ano de 2013 aposentou-se e ficou deliciado com o tempo que passou a dispor para ler livros e revistas científicas, bem como livros alheios à área médica, como os escritos por Robin Cook, Tesse Gerritsen, Pedro Nava, Sidney Sheldon, L. James, etc... Com o tempo que lhe sobrava, escreveu seu primeiro livro (título: Na mesma moeda) de pequena tiragem e presenteados aos amigos. Como retorno recebi muitos incentivos para escrever um outro livro e mandar para uma grande editora. Aceitei com muito medo a missão, mas foi em frente, e aí está a sua segunda obra, "O Rejeitado".