Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Cãimbra do escrivão, a deficiência, o deficiente e a felicidade.

Como portadora da cãimbra do escrivão, entendo que, a partir do momento que compreendemos, mesmo que em linhas gerais, a natureza biológica do problema e a condição em que a Ciência se encontra diante dele, podemos nos posicionar com atitudes e pensamentos para descobrir formas de sermos felizes, o que, acredito, deveria ser o objetivo principal de cada ser humano. Para sermos felizes, precisamos ser produtivos, fazendo parte da sociedade de maneira contributiva. Li muitos trabalhos científicos até entender bem o que é esta condição e as escolhas que temos diante dela. Talvez por ser bióloga, percebi logo, um ano antes do meu diagnóstico, em meados de 2001, que não era um problema ortopédico. Fui direto a um neurologista, que me encaminhou para outro e para outro... (leia mais)

Maristela Zamoner




O DEMÔNIO E O ELEITO

Fez um pacto, uma coligação com o Demônio e ganhou as eleições. Festejou. O Demônio veio cobrar a dívida. Foi chegando perto do Eleito. Cutucou suas costas. O Eleito olhou para trás: – O que você quer? Tinha um tom de aspereza na fala dura. – O que é isso? Não se lembra de mim? – Você acha que vou me lembrar de todo mundo? Não vê que fui eleito com milhões de votos? Milhões, entendeu? Sabe o que é isso? Milhões! Não vê minhas ocupações diárias? Nem sei como você passou por minha segurança, por minha assessoria e tem a ousadia de me cutucar pelas costas. Vou chamar minha guarda pessoal! – Calma! Não imaginei que você se esqueceria de quem permitiu sua vitória... – Saia pra lá. Qual é a graça, agora? – Não é graça nenhuma. Você fez uma... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Marilena Orsoni

  AUTOR  
 
Marilena Orsoni
BIOGRAFIA Marilena Orsoni nasceu em São Paulo, capital, no bairro das Perdizes, em 1948. Desde pequena, já compunha poemas e letras de músicas. Em 2001, foi convidada pela 101,3 FM – Rádio Louvores -sediada em São Paulo,  para fazer um programa voltado ao público infantil da emissora. O programa ia ao ar todos os sábados pela manhã e teve a duração de 4 anos. Através desse contato com as crianças, surgiram muitos convites para festas em escolas públicas e privadas; igrejas, e aniversários infantis.Foi justamente dessas experiências que nasceram seus  principais personagens, hoje transformados em histórias infantis.Atualmente, a  autora possui parte de suas obras publicadas em vários sites da Internet: Recanto das Letras; Autores.com, Shwoong, e agora aqui nas páginas da Protexto.