Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

PRESIDENTE! O SONHO ACABOU...

Ele esfregou os olhos como criança. Piscou várias vezes. A penumbra da manhã impúbere digladiava contra a noite rebelde, envelhecida, teimosa. Ela sabia de sua derrota cotidiana, desistiu e se encolheu, aguardando escondida em conhecidos cantos inabitados. Conformada, sabia da vitória certeira contra a iluminação do dia que murcharia dentro de algumas horas. Ele voltou a esfregar os olhos remelentos, sentir o sonho recém apagado. A agenda do dia disparou assessores pelas quinas do palácio. Desde os primeiros dias de poder, não havia mais tempo para devaneios infantilóides e o sonho se dissipava no emaranhado confuso das marchas e contra-marchas, dos argumentos e contra-argumentos, das possibilidades e impossibilidades, todas ignoradas no longo, muito longo e mal feito... (leia mais)

Airo Zamoner




Mãe... nhe! Engoliram o papai!!

– Com Deus me deito, com Deus me levanto... “Eu SEI que é ele que está lá... Fica lá, só me olhando...” – Com a graça de Deus e do Divino Espírito Santo. “ Por que ele num vai embora?...” – Ave Maria cheia de graça... “Mamãe não tinha nada de mudar pra essa casa cheia de fantasmas... João fica dizendo que eu sou medroso, que fantasma não existe... Não existe uma ova... E aquele alí?” – O Senhor é convosco... “Como é que na outra casa eu não via nada? Essa casa é mal-assombrada, sim senhor... Ai, meu Deus, olha ele lá outra vez... Me olhando com aqueles olhos sem cara...” – Rogai por nós pecadores... “Vou tampar o rosto...” – Agora e na hora... “Tou escutando uns passos... É ele que... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




Default



   > Ilza Maria Saldanha Ribeiro

  AUTOR  
 
Ilza Maria Saldanha Ribeiro

Biografia da Autora           Ilza Maria Saldanha Ribeiro, natural da cidade de Oliveira dos Brejinhos no estado da Bahia, filha de Aurélio Saldanha Rosa e de Maria Saldanha de Oliveira. Casada com Arnaldo Messias Ribeiro, tendo nascido dessa união dois filhos, o que abaixo de Deus constitui seu maior tesouro:Começou a exercer a profissão de professora, no ano seguinte após concluir o magistério, a partir de 1982, no Jardim Infantil Janelinha do Saber. Em 1983, passa a trabalhar no Ensino fundamental da 5ª a 8ª séries e ao mesmo tempo no segundo grau, Formação para o Magistério de 1ª a 4ª série no Centro Educacional Cenecista de Oliveira dos Brejinhos, com disciplinas relacionadas às metodologias: da Alfabetização, da História, da Geografia, da Ciência, da Língua Portuguesa, onde trabalhou até 1999. E do ano de 2000 para cá, continuou trabalhando na mesma área, como professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa na Escola Municipal Professora Maria Eugênia Guedes. Atualmente lida apenas com a útima disciplina citada, Língua Inglesa em todas as séries do Ensino Fundamental II. Licenciada em Letras Português/Inglês pela Faculdade de Tecnologia e Ciência - FTC, pós-graduada em Tecnologias Educacionais pela Especialização em Estudos Avançados Ordem Nazarena LATU SENSU. É uma pessoa extrovertida a depender do ambiente onde se encontra, estudiosa, gosta de acompanhar as trasformações sociais, aprecia a leitura e ama a escrita de gêneros diversos principalmente o poético. Tem contos, poemas e crônicas que se encontram reunidos em três livros, dos quais apenas dois poemas (Falso Retrato e A Literatura e Suas Ferramentas) foram oficialmente publicados em uma revista organizada pela NEB (Comunidade dos Novos Escritores do Brasil, Orkut), momento que, por ter sido convidada para fazer parte da revista, sentiu-se extremamente honrada, realizada e feliz pela credibilidade de pessoas que apesar de não a conhecerem pessoalmete acreditaram em seu trabalho.