Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Anthologie...

Obra: „Anthologie de la Poésie Romantique Brésillienne » - Bilingüe (Port. / Fr.) Poemas escolhidos por Izabel Patriota P. Carneiro, apresentados por Didier Lamaison e prefaciados por Alexei Bueno Versão francesa: Adrienne Álvares de Azevedo Macedo, Didier Lamaison e Cécile Tricoire Editoras: UNESCO PUBLISHING / EULINA CARVALHO Formato: 14 x 21cm Páginas: 257 Preço: 27,45 € 2002, ISBN: 92-3-003786-9 Na década consecutiva à da Independência obtida em 1822, chega ao Brasil a revolução das sensibilidades que já soprava sobre a Europa após o início do século. O Romantismo brasileiro aparece com a publicação, em Paris, de “Suspiros Poéticos e Saudades”, de Gonçalves de Magalhães, em 1836. Mas é com Gonçalves Dias que nasce verdadeiramente a grande poesia... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Finalmente, a verdade!

Nada me desperta mais a atenção que a expressão de seu rosto. Olhos pequenos, escuros, escondidos atrás de sobrancelhas grisalhas de onde salta um brilho ofuscante. Olhos ligeiros, matreiros, espertos a contrastar com a velhice que o ronda, que o paquera, que joga alhures seu charme traidor. O sorriso dele, não é coisa facilmente identificável. É um ligeiro esgar maroto, quase sarcástico, às vezes para o lado direito, outras para o esquerdo. É algo forte que agride meu cérebro. Algumas vezes cruzo com ele pela Rua das Flores da minha Curitiba encantada. Em outras, estamos lado a lado, lendo a mesma notícia no jornal pregado na banca. No frio, sempre usa um surrado capote desbotado. No calor, o mesmo paletó xadrez de mangas puídas. Claudicante, corpo encurvado,... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > CARLOS MAMBUCABA

  AUTOR  
 
CARLOS MAMBUCABA

O autor: José Carlos de Almeida- Pseudônimo: Carlos Mambucaba. 

Nasceu no Rio de Janeiro na Baixada Fluminense, viveu sua

infância em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro- Brasil.

Por gostar muito de literatura desde de jovem, sempre gostou de passar seu tempo livre dentro de uma biblioteca. 

Hoje, com quarenta e sete anos de idade é um escritor eclético, não se prende a nenhum gênero. Sua obra, já ultrapassa aos quinhentos textos.  O autor quando interrogado, diz que gosta de tudo que escreve, mas, tem uma queda especial pelo o infantil- infanto juvenil e agora arrisca-se em um romance.   Mora há vinte anos em Angra dos Reis com sua família.  Tem um filho chamado Herculys com vinte anos e uma filha chamada Ohana, com dezoito.  A sua esposa Maria é a sua grande Inspiração pra escrever, assim confirmado veemente pelo autor.