Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

O que e como fazer para escrever bem

Uma das maiores preocupações que permeiam o âmbito escolar tem sido a produção de texto, em especial o dissertativo, por apresentar dificuldades no seu processo de elaboração e produção. Por ser um texto que procede de reflexões sobre determinado assunto, em que a opinião do locutor deve ser explicitada e, principalmente, acatada pelo interlocutor, exige-se maior rigor e complexidade nos mecanismos de produção. Quer dizer, ao comentar sobre determinado assunto tem-se a pretensão de atingir o outro, seja por convencimento ou por persuasão. Assim, torna-se fundamental se servir de uma linguagem elaborada, haja vista que para se obter adesão do interlocutor, o discurso deva... (leia mais)

Andreia Frederico Coutinho




O MERGULHO

Aquele brusco tremor o impulsionou violentamente para trás. Já sentira isso há muito tempo, quando inadvertidamente, colocara o dedo no bocal de uma lâmpada. Experiência assustadora! Alguma coisa entrara subitamente em seu corpo. Ao mesmo tempo em que, num ato reflexo, puxara a mão de volta, sentira uma contraditória atração. Queria levar outro choque! Quantas vezes, ao ver um bocal sem lâmpada, sentira novamente aquela estranha tentação. Sempre resistiu bravamente. Agora, contudo, num misto de sofrimento e prazer, toda aquela sensação se repetia e nada tinha a ver com o choque elétrico! Letras. Palavras. Livros. Depois que dominara as letras, passara a admirar as palavras. Ficava horas, olhando e pensando nelas. Letras sem sentido adquiriam uma espécie de vida... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > JORGE ANDERSON SILVA

  AUTOR  
 
JORGE ANDERSON SILVA
Jorge Anderson Silva, nasceu na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, no dia 13 de março de 1967. É o filho primogênito de: Jorge de Oliveira Silva e Maria Lavarini Silva. Estudou durante 15 anos na AMR  (Associação Mineira de Reabilitação), devida a sua deficiência física, (falta de coordenação motora). Desde a adolecência iniciou-se a plática de escrever, compondo várias canções e formando inúmeras parcerias com outros compositores, até surgir a ideia de escrever o seu primeiro Romance. Em 1988, candidatou-se a um cargo de vereador no município de Bonfim MG, onde frequenta desde a infância. Em 1998, participou do extinto  programa "Concurso de Paródias", pruduzido pelo SBT, ficando em 1º Lugar. Atualmente é aposentado e dedica boa parte do seu tempo escrevendo.