Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Vida vazia, vida marota!

Dr. Agildo caminhou vagarosamente até a enorme varanda. Saboreava os momentos do entardecer, um a um, como rotina para receber a noite implacável e então, recolher-se para o descanso. Desta vez, contudo, sentia-se diferente. Seus pensamentos esvoaçavam de um canto para outro da memória, contrariando seus comandos, inquietando seu espírito. Sentou-se na velha cadeira, admirando o extenso jardim. Os canteiros, emoldurando as divisas com suas cores imprevisíveis, tentavam suavizar seus sobressaltos. O ipê majestoso, que ele próprio plantara há tantos incontáveis anos, mantinha-se incólume a seus pensamentos. Parou seus olhos no aparente desordenado trabalho da velha árvore, largando o amarelo de pétalas a se desprenderem a cada instante, formando verdadeira alcativa.... (leia mais)

Airo Zamoner




O que e como fazer para escrever bem

Uma das maiores preocupações que permeiam o âmbito escolar tem sido a produção de texto, em especial o dissertativo, por apresentar dificuldades no seu processo de elaboração e produção. Por ser um texto que procede de reflexões sobre determinado assunto, em que a opinião do locutor deve ser explicitada e, principalmente, acatada pelo interlocutor, exige-se maior rigor e complexidade nos mecanismos de produção. Quer dizer, ao comentar sobre determinado assunto tem-se a pretensão de atingir o outro, seja por convencimento ou por persuasão. Assim, torna-se fundamental se servir de uma linguagem elaborada, haja vista que para se obter adesão do interlocutor, o discurso deva... (leia mais)

Andreia Frederico Coutinho




Default



   > Maristela Zamoner

  AUTOR  
 
Maristela Zamoner
Maristela Zamoner. É autora de livros, capítulos, artigos de divulgação e científicos desde 1995, totalizando cerca de uma centena de publicações. Paletrante em eventos como Festival de Dança de Joinville - Ritmos a Dois (SC), Semana da Mimulus (MG), Encontro Campinense de Dança de Salão (PB), Salão Rio Dança (RJ). Profissional em Dança de Salão desde 1995, recebeu prêmios nacionais e internacionais como professora, dançarina e coreógrafa. Entre os prêmios destacam-se Mérito Educacional (Estado do Paraná), destaque pelo prêmio Itaú-Unicef de educação e pela entidade Soroptmist (EUA/Flórida), obtendo primeiro lugar do Prêmio Jovem Talento - Dança de Salão. Atua profissionalmente em consultorias ambientais e como bióloga no Museu de História Natural Capão da Imbuia, onde desenvolve atividades como organização e publicação de materiais bibliográficos. É Licenciada em Ciências Biológicas (UFPR), Especialista em Educação (IBPEX) e mestre em Ciências Biológicas (UFPR).