Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

DIREITOS CULTURAIS EM PERSPECTIVA: A FAVOR OU CONTRA?

A 10 de dezembro de 1948 era adotada e proclamada a resolução 217 A (III), pela Assembléia Geral das Nações Unidas. A Declaração Universal dos Direitos Humanos encontra-se traduzida em mais de 300 línguas em seu site oficial (www...) O texto pode ser impresso e arquivado. Vivido? Este o problema maior... A questão da efetiva observância de tais direitos tem sido discutida e analisada, mas há pontos polêmicos, específicos, delicados. E os impasses tornam-se ainda maiores no tocante aos direitos culturais... O que são, afinal, os Direitos Humanos? Por acaso uma definição e uma observância mais satisfatórias destes direitos contribuiriam para melhorar a sorte de seres humanos que vivem situações de injustiças? Isto lhes garantiria uma melhor... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Sexo e Dança de Salão

Quando “fui iniciada” nas artes da dança de salão, no início da década de 1990, percebi algo nebuloso e fortemente relacionado a sexo na atividade. Desde então venho observando, analisando, pesquisando e estudando a natureza desta relação. Precisei de anos para chegar ao ponto de entendê-la. Por ocasião do meu primeiro contato com a dança de salão, percebi que esta atividade exercia uma influência avassaladora sobre o comportamento sexual das pessoas de qualquer faixa etária. Inicialmente, imaginei que isto se devia ao fato de que a dança de salão é dependente da relação de masculinidade e feminilidade. Esta relação se dá por... (leia mais)

Maristela Zamoner




Default



   > Maristela Zamoner

  AUTOR  
 
Maristela Zamoner
Maristela Zamoner. É autora de livros, capítulos, artigos de divulgação e científicos desde 1995, totalizando cerca de uma centena de publicações. Paletrante em eventos como Festival de Dança de Joinville - Ritmos a Dois (SC), Semana da Mimulus (MG), Encontro Campinense de Dança de Salão (PB), Salão Rio Dança (RJ). Profissional em Dança de Salão desde 1995, recebeu prêmios nacionais e internacionais como professora, dançarina e coreógrafa. Entre os prêmios destacam-se Mérito Educacional (Estado do Paraná), destaque pelo prêmio Itaú-Unicef de educação e pela entidade Soroptmist (EUA/Flórida), obtendo primeiro lugar do Prêmio Jovem Talento - Dança de Salão. Atua profissionalmente em consultorias ambientais e como bióloga no Museu de História Natural Capão da Imbuia, onde desenvolve atividades como organização e publicação de materiais bibliográficos. É Licenciada em Ciências Biológicas (UFPR), Especialista em Educação (IBPEX) e mestre em Ciências Biológicas (UFPR).