Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Cãimbra do escrivão, a deficiência, o deficiente e a felicidade.

Como portadora da cãimbra do escrivão, entendo que, a partir do momento que compreendemos, mesmo que em linhas gerais, a natureza biológica do problema e a condição em que a Ciência se encontra diante dele, podemos nos posicionar com atitudes e pensamentos para descobrir formas de sermos felizes, o que, acredito, deveria ser o objetivo principal de cada ser humano. Para sermos felizes, precisamos ser produtivos, fazendo parte da sociedade de maneira contributiva. Li muitos trabalhos científicos até entender bem o que é esta condição e as escolhas que temos diante dela. Talvez por ser bióloga, percebi logo, um ano antes do meu diagnóstico, em meados de 2001, que não era um problema ortopédico. Fui direto a um neurologista, que me encaminhou para outro e para outro... (leia mais)

Maristela Zamoner




COLEÇÃO ARQUIVOS - TESOUROS ETERNOS DA LITERATURA IBERO-AMERICANA

Livros à mancheia têm-me chegado nestes últimos meses, levando-me a um profundo mergulho no tempo. A uma reflexão intensa sobre o quanto desconhecemo-nos, ainda que parte imensa nesta América, latina e de proporções gigantescas no tocante a problemas, sim, mas também no tocante à riqueza cultural. Muitas das edições que tenho recebido não são atuais, porém preciosas ao nosso processo de busca e de integração, no qual o fator cultural faz-se imprescindível. Sem conhecermos o passado, lutamos por uma identidade inexistente, segundo alguns autores especializados no estudo e na pesquisa do fenômeno cultural ibero-americano. E as novidades, às vezes antigas, nos impedem este retorno urgente à nossa formação, à nossa certeza de que somos dignos de respeito pela... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > Luiz C. Lessa Alves

  AUTOR  
 
Luiz C. Lessa Alves

Nascido em 13 de dezembro de 1948 em Coqueiro, município de Jandaíra, Bahia. Nos anos de 1973 e 1974, já no Rio de Janeiro, concluiu o 1º e 2º graus, respectivamente, em exames de Suplência de Educação Geral (Artigo 99). Ingressou na Faculdade de Humanidades Pedro II no ano seguinte, formando-se em Português e Literatura em dezembro de 1978. Cursos complementares paralelos à faculdade e trabalho: Gramática Estrutural da Língua Portuguesa – UFRJ; Moderna Literatura da Língua Portuguesa – Centro de Estudos do Real Gabinete Português do Rio de Janeiro; Linguística Aplicada ao Curso de Comunicação e Expressão – idem; Curso Extra Curricular para Concursos – Universidade Castelo Branco e o de Escritor - Casa do Escritor.