Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

SEMEADURA

Avistando um aglomerado de mercadores, um andarilho gritou, decidido: - Atenção! Fechem o caminho; vou passar! Surpreso ao sentir um toque em seu ombro, voltou-se e deparou com a razão: - Por que agiste desta forma? Não sabes que é preciso caminho aberto para seguir adiante? O andarilho, sentando-se sob gigantesca árvore de multividências, dirigiu-se à razão, num repente: - Pedi que fechassem o caminho para que minha loucura não fugisse... A razão, mais confusa que convencida, argumentou sem hesitar: - Não há coerência no que dizes. Explica-te ou afasta-te de mim! Cruzando os braços sobre os joelhos, o andarilho insistiu: - Não desejei que minha loucura partisse, por não querer viver comprometido com tua existência mascarada... A razão, indignada, protestou sem mais... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Divulgação científica Bioindicadores, relatores ambientais

Bioindicadores são fatores bióticos empregados para o reconhecimento de condições (passadas, presentes ou futuras) de ecossistemas. As espécies estão adaptadas para sobreviver, se reproduzir e realizar relações ecológicas em condições ambientais específicas. Desta forma, a presença de cada tipo de ser vivo indica características físicas, químicas e estruturais do ambiente em que se encontra. De maneira geral, as características dos melhores bioindicadores são: · limites de tolerância estreitos – sensíveis a pequenas mudanças ambientais; · abundância; · identificação... (leia mais)

Maristela Zamoner




Default



   > Maygon André Molinari

  AUTOR  
 
Maygon André Molinari
Nascido em Irati, PR, Maygon André Molinari, recém-formado em Letras, lança aos vinte e dois anos seu segundo livro, Os Só(i)s. O primeiro, chamado 26ª Serenidade (coletânea de poemas, edição independente), foi lançado em 2005. Seu contato com textos inicia em sua infância, na leitura dos contos da carochinha, de poetas brasileiros como Vinícius de Moraes, e, sobretudo, nas leituras da Bíblia. Aos quinze anos, decidiu ser escritor e intensificou suas leituras de poesias, contos e romances. Também nessa idade, começou a se debruçar sobre a filosofia, paixão que faz presença em sua arte. Aos dezessete, escreveu uma novela, que pensa publicar somente na velhice. Se o fizer. Maygon é também letrista e compositor e prepara, com sua banda, a gravação do primeiro CD.