Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Encerra-se a primeira turma de pós-graduação em dança de salão com magnífica produção científica.

Para a dança de salão brasileira, o ano de 2005 é um divisor de águas. A partir desta data, começa a educação formal na área, o que se deve à abertura da primeira turma de pós-graduação em dança de salão, na Faculdade Metropolitana de Curitiba - FAMEC. O curso tem duas coordenadoras, uma das quais, conhecida por fazer parte do âmbito da dança há muito tempo: Gracinha Araújo. Devido a uma vida dedicada à dança clássica, enfrentou os preconceitos vigentes no meio da dança de salão, superando as dificuldades. Com Abigail Carneiro, tornou realidade, de maneira pioneira, o que muitos só sonharam. O resultado... (leia mais)

Maristela Zamoner




O DESAFIO DO MERCOSUL

A UNESCO PUBLISHING tem-me inteirado de seus projetos dedicados não apenas à divulgação da cultura dos mais diversos povos. A edição de obras voltadas à discussão e análise profundas das mais delicadas questões sócio-culturais têm desempenhado um importante papel na busca de caminhos viáveis à manutenção de tradições, sem que isto signifique o isolamento ou o retardamento dos países correspondentes no processo de integração. Inclusive e especialmente da cultura. Chega às minhas mãos a obra “ Identidad, Integración y Creación Cultural en América Latina – El Desafío del Mercosur ”, de Gregorio Recondo, editado pela UNESCO PUBLISHING em parceria com a EDITORIAL DE BELGRANO . Esta obra surpreende não apenas pela gama de informações a respeito das... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > Edinaldo Garcia

  AUTOR  
 
Edinaldo Garcia

 

 

 

Nasci no dia 05/08/1988 em Vianópolis (GO). Sou filho de Eliane Márcia Dias e Edinaldo Rodrigues Garcia; tenho dois irmãos: Daniel Estevão Montiny Dias e Paulo Victor Dias; também duas sobrinhas: Geovanna Cristiny e Gabriela Márcia. Estudo Letras Português-Inglês. Amo a língua portuguesa e escrever é a minha maior paixão. Em versos ou prosas, somos todos caçadores de tesouros, desbravamos o emaranhado das letras buscando as sabedorias explícitas e ocultas de cada autor. Em cada frase, em cada rima. Amo profundamente os livros e pretendo que este seja apenas o primeiro de muitos.