Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2508)  
  Resenhas (129)  

 
 
Contradições
Marcos de Sena Pereira
R$ 30,50
(A Vista)



Arquitetura-01-263
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > AINDA HÁ TEMPO



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

AINDA HÁ TEMPO

 
A I N D A   H  Á    T E M P O  
 
Corri tanto contra o tempo,
Achando não haveria mais tempo
E o tempo não passava..
E eu pensando
Que se esvaía
Como fumaça.
E sempre há mais tempo.
Há mais tempo para a vida,
mais tempo para o amor.
tempo para  poesia,
mais tempo para o ócio,
mais tempo para a dor.
Mais tempo
Para o próprio tempo.

Quem inventou o tempo
Foi o ser humano,
Para medir o tempo
Que ainda temos
Para realizar intentos
Que pensamos
Não  haver mais tempo.

Mas, se o homem
Não é a medida
De todas as coisas,
(Protágoras me perdoe!)
Também não pode ser a medida
de todo o tempo na vida.
Enquanto há tempo,.
Vamos viver!
 
 
 
 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui