Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
O PREGADOR
REGIS MEIRELES
R$ 37,30
(A Vista)



Sexo e Dança de Salão
Maristela Zamoner
R$ 41,90
(A Vista)






   > AINDA HÁ TEMPO



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

AINDA HÁ TEMPO

 
A I N D A   H  Á    T E M P O  
 
Corri tanto contra o tempo,
Achando não haveria mais tempo
E o tempo não passava..
E eu pensando
Que se esvaía
Como fumaça.
E sempre há mais tempo.
Há mais tempo para a vida,
mais tempo para o amor.
tempo para  poesia,
mais tempo para o ócio,
mais tempo para a dor.
Mais tempo
Para o próprio tempo.

Quem inventou o tempo
Foi o ser humano,
Para medir o tempo
Que ainda temos
Para realizar intentos
Que pensamos
Não  haver mais tempo.

Mas, se o homem
Não é a medida
De todas as coisas,
(Protágoras me perdoe!)
Também não pode ser a medida
de todo o tempo na vida.
Enquanto há tempo,.
Vamos viver!
 
 
 
 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui