Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
R$ 18,90
(A Vista)
INDISPONÍVEL

Hora-atividade
Maristela Zamoner
R$ 21,10
(A Vista)






   > IPÊ-AMARELO



Marilena Orsoni
      POESIAS

IPÊ-AMARELO

Era um sábado ensolarado.

Meus olhos descortinavam a rápida paisagem

Que pelo vidro do carro eu via

 

Eis que de repente,

Sobre o topo de um morro deserto e pelado

A beira de uma estrada onde eu trafegava

Ali, estava ela.

Uma solitária árvore de Ipê-amarelo.

 

Naquele lugar solitário

Ela resolveu nascer,

E crescer.

Sem se importar

Se o solo era rico, ou pobre.

Porque,

Na realidade,

Aquela árvore de Ipê

sabia

Que um dia

Eu por lá passaria

E contemplaria sua grandeza e majestade.

 

 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui