Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
Ruínas-02-116
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



R$ 55,70
(A Vista)






   > Reflexo Eterno



Arlete Meggiolaro
      POESIAS

Reflexo Eterno


Reflexo Eterno
 
Sobre as telhas do solarengo
espalhando dengo
a garça régia,
como vigilante sentinela da virtude,
exibe soberba formosura e graça.
 
 
Abastece-me de encanto misterioso,
do amoroso amplia os sentidos
de desmedidos anseios.
 
 
Enche meus cântaros da Cantareira,
fixa na parede deste solar que me abriga,
com a soada musical
de o ter.
 
 
Graça branca cheia de graça,
sobrevoe por minhas virtudes
pouse na orla deste diáfano lago,
e para esta mortal ávida,
pesque a dádiva
de nutrir meu reflexo eterno
no ente de quem mais quero.
 
 
© Arlete Meggiolaro
Extraído do livro Orvalho D’Alma.

Editado pela Editora PROTEXTO

**
*


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui