Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
Abstrato-03-772
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Paisagens-01-012
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > MENINO ABANDONADO



Marilena Orsoni
      POESIAS

MENINO ABANDONADO

 

 

MENINO ABANDONADO,

QUE MAIS PARECE UM TRAPO, UM FARRAPO

TENTA SOBREMANEIRA ESQUECER

O TRISTE E SOMBRIO CAMINHO,

POR ONDE TEVE QUE PASSAR.

 

MENINO ABANDONADO,

ESQUECIDO NUM CANTO DE UMA PRAÇA

TRAZ  EM SEU ROSTO PÁLIDO E FRISADO

AS MARCAS  DO ABANDONO E DO  DESCASO

TENDO COMO ÚNICA  E FIEL COMPANHIA, A SOLIDÃO.

 

NINGUÉM LHE DIREGE UM OLHAR

NINGUÉM LHE ESTENDE A MÃO

NEM MESMO AQUELE QUES VÃO PARA A  IGREJA

FAZER  ALGUM  PEDIDO,   OU OUVIR  O  SERMÃO.

DEIXANDO MUITO VISÍVEL,  A FALTA DE AMOR E COMPAIXÃO.

 

A TRISTEZA DOMINANTE EM SEU OLHAR

DÁ VESTÍGIOS  QUE A FOME É EMINENTE

UMA AMIGA  FIEL QUE ACOMPANHA SEUS PASSOS

FREQUENTEMENTE.

 

E SEMPRE COM O CENHO FRANZIDO,

TENTA  PASSAR O TEMPO

CONTANDO OS PÁSSARRINHOS QUE POR LÁ  VOAM,

PARA NÃO MORRER DE  SOLIDÃO

E PARA TER  CERTEZA QUE AINDA  CONTINUA VIVO

 

COMO  É TRISTE O DESTINO  DESSE  MENINO

QUE  NÃO SABE VIVER OU DIA

A NÃO SER  A SEXTA-FEITA,

PROLONGA SEUS DIAS,  SEM  SABER SE  HAVERÁ  O AMANHÃ

SONHANDO COM UM LINDO DIA DE DOMINGO.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui