Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (645)  
  Poesias (2512)  
  Resenhas (130)  

 
 
Arquitetura-01-263
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



A leitura é...
Maristela Zamoner
R$ 31,20
(A Vista)






   > X I F Ó P A G O S



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

X I F Ó P A G O S

           
 
Quero me tornar submisso
Aos teus caprichos.
Permanecer sob tua sombra,
Sorrir quando sorrires,
Chorar quando chorares,
Amparando tuas lágrimas
Com a concha das minhas mãos.
 
Sofrer quando sofreres,
Cantar quando cantares,
Dançar quando dançares,
Dormir quando dormires
E despertarmo-nos juntos
Após uma noite de amores.
 
Ficar triste com tua tristeza,
E alegrar-me com tua alegria,
Tornar-me teu anjo da guarda
Para seguir teus passos
Por onde fores,
Por onde agires,
Por onde suspirares.
Enfim, fundir-me em ti
Numa única pessoa,
Como verdadeiros xifópagos!
 

   

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui