Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
A dor de Deus Pai
Miguel da Silva
R$ 33,30
(A Vista)
INDISPONÍVEL

O RETORNO DE SORAIA
José Sodré de...
R$ 52,30
(A Vista)






   > X I F Ó P A G O S



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

X I F Ó P A G O S

           
 
Quero me tornar submisso
Aos teus caprichos.
Permanecer sob tua sombra,
Sorrir quando sorrires,
Chorar quando chorares,
Amparando tuas lágrimas
Com a concha das minhas mãos.
 
Sofrer quando sofreres,
Cantar quando cantares,
Dançar quando dançares,
Dormir quando dormires
E despertarmo-nos juntos
Após uma noite de amores.
 
Ficar triste com tua tristeza,
E alegrar-me com tua alegria,
Tornar-me teu anjo da guarda
Para seguir teus passos
Por onde fores,
Por onde agires,
Por onde suspirares.
Enfim, fundir-me em ti
Numa única pessoa,
Como verdadeiros xifópagos!
 

   

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui