Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
DUBLE - A um passo em...
Guilherme Augusto...
R$ 49,60
(A Vista)



CICLO
Airo Zamoner
R$ 17,80
(A Vista)






   > MEU PRANTO



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

MEU PRANTO

 
Quero sorver meu pranto
Para que ninguém mais veja
Que nesta vida triste
 Eu chorei tanto.
 
Quero espremer meu coração
Para que todas as lágrimas
Se escoam pelas minhas faces
Já tão descoradas.
 
Quero só alegria,
E que meus sorrisos
Sempre encontrem
No meu rosto
Sulcos de rugas
Cavadas
Pelo tempo vivido.
 
Não quero dores,
Nem sofrimentos.
Quero apenas
Sentimentos-
Os mais positivos possíveis.
 
Quero viver todos os meus dias
Como se fossem os últimos
De minha existência.!
 
Alijar o ódio,
Alijar a inveja,
Alijar a intriga,
Alijar a ambição,
Plantando só puras idéias
E melopéias
No meu coração.
 
Enfim, afastar o pranto,
Abraçar o alegre canto
 De uma  vida
Sem ilusão.
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui