Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
A dor de Deus Pai
Miguel da Silva
R$ 33,30
(A Vista)
INDISPONÍVEL

Kalls - Amanhecer
Diego Lincoln Campos
R$ 42,90
(A Vista)






   > S A U D A D E



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

S A U D A D E

Escrevi SAUDADE na areia,
mas veio a maré cheia
e varreu minha palavra.
Escrevi SAUDADE na pedra,
Mas veio a chuva,
Solopando-a devagar,
Escrevi SAUDADE no vento,
Mas desapareceu num furacão violento.
Escrevi SAUDADE na nuvem,
E com a nuvem se dissipou.
Escrevi SAUDADE num papel
E joguei-o no rio.
Veio a corrente e o levou.
Escrevi SAUDADE nas estrelas,
Mas caiu no buraco negro.
Escrevi SAUDADE no cérebro
E dela me esqueci.
Escrevi SAUDADE no coração,
E nem o tempo a destruiu.
 
 
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui