Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Passagens-01-007
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Enjaule Poesia
José Herculano da...
R$ 49,90
(A Vista)






   > MELANCOLIA



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

MELANCOLIA

Tento compor poemas alegres.
Não consigo,
Pois a boca fala
Do que repleto
Está o coração.
O poeta também escreve
Aquilo que dentro
de sua alma está.
 
Alguns lampejos de alegria
Às vezes invadem meu ser.
Mas, logo a tristeza
Toma conta de mim.
E eu  sigo levado
Por um sopro invisível
Que me transporta
Como uma pena caída
De uma ave sofrida,
Já quase morta..
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui