Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Refletindo sobre EaD e...
Cléber Lemos
R$ 38,50
(A Vista)



Educação Ambiental na...
Maristela Zamoner
R$ 29,50
(A Vista)






   > LENÇO DA SAUDADE



GERALDO DE CASTRO PEREIRA
      POESIAS

LENÇO DA SAUDADE

             Sombras do passado,
             espreguiçando-se lentamente,
             Vem se aquecerem
             No chama do fogo da vida,
             Prestes a se apagar para sempre.      
           
             E na esquina da saudade
             Um lenço branco drapeja
             Ao zéfiro brando
             Num derradeiro aceno para mim.
            
            É o lenço da saudade
            De minha juventude
            Despedindo-se de mim!.
            E eu lhe respondo, tristemente:
            ADEUS, ADEUS, ADEUS!.
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui