Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Nas Asas do Coração
Ingrid Regina...
R$ 42,50
(A Vista)



O conto de Ruan e sua...
Willians Vieira dos...
R$ 61,40
(A Vista)






   > A ESTÓRIA DO SAPO COXO



Joseh Ribas
      INFANTIL

A ESTÓRIA DO SAPO COXO

Lá, bem no meio da lagoa,
Toda a saparia ri que racha,
- Puxa que brincadeira boa!
Mas o Sapo Coxo apenas coaxa.

O porquê todo sapo conhecia,
Que mesmo sendo um cara legal,
O alegre Sapo Coxo não podia,
Saltar de banda, nem dar mortal.

- Por que esse sapo não pula?
É o que vamos desvendar,
Será que ele perdeu a bula,
Que ensina um sapo a pular.

Como o próprio nome já diz,
Não pula nem que fique roxo,
Mas aprendeu a ser feliz,
O sapo em questão, que é coxo!

Sempre havia motivo de folia,
Na festiva lagoa dos sapos,
Resolveram montar um dia
Uma máquina do Prof. Sopapo.

Sr. Sopapo, o professor da escola,
Um inventor renomado e criativo,
Projetou um assento com mola,
Para nosso amigo ficar mais ativo.

Testado e aprovado o invento,
O sapinho desandou a pular,
Mas ninguém sabia o momento,
Que aquele "atleta" iria parar!

Tinham esquecido na empolgação,
Que o professor indicava o meio,
Anotado no "Manual de Instrução"...
- É só puxar o freio!

Fizeram outra festa sem demora,
E pularam a noite inteirinha,
Nosso herói, agora é Sapo Mola,
O campeão de pegar mosquinha.

Juntos o Sopapo, Sapingo e Sapop
Criaram a banda "Os Sapolas",
Tem guitarra, bateria e muito rock,
E o astro principal é o Sapo Mola!

Isso mostra que apesar do defeito,
Nosso personagem é especial,
Pois a vida faz tudo perfeito,
Sermos diferentes é o jeito normal.

Esta estória breve aconteceu,
Numa alegre e distante saparia,
Contudo podia ser você ou eu...
Ah! Que aventura faz a fantasia!

A meu filho e a todas as crianças, para que cresçam em um mundo de igualdade e respeito.


 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui