Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (131)  

 
 
Ensaios - Filosofia...
Maicon Martta
R$ 36,90
(A Vista)



Objetos-01-088
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > JOSÉ JOÃO E MARIA



Luiz C. Lessa Alves
      POESIAS

JOSÉ JOÃO E MARIA

JOSÉ JOÃO E MARIA

José brigou com João,
Mas, o porquê ninguém sabia.
Todos dizem que por grana;
Mas, dinheiro nenhum tinha.
A verdade era um "rabo-de-saiaa",
Que se chamava Maria!
 
José não trabalhava,
E namorava Maria.
João desempregado,
Nem profissão ele tinha,
Foi tomar cerveja num bar
E lá encontrou Maria.
 
José não tinha família,
E seu mundo era Maria.
João que estava só,
Procurando companhia...
Começou o papo duplo
No bar, João e Maria!
 
José quando viu os dois,
Fingiu que nada sentia,
E João logo o convidou
Para se senta, lugar havia!
Na mesa conversa trina:
João, José e Maria!
 
“Traz mais uma, desce duas...”
E mais cerveja bebiam.
Da conversa entre ambos,
O pivô era Maria!
 
José alfinetava João
Que inutilmente dizia:
“Mas, você é meu amigo,
“Assim como sou da Maria”!
Mas, o namorado enciumado
Com um tiro o feria.
 
Vendo o amigo no chão,
José dali fugia,
Deixando pra trás a razão
Por quem ele mataria:
Seu amor, sua amada,
Cujo nome era Maria!
 
Hoje ele encarcerado,
Pergunta-se se razão havia
Para matar um amigo
Por amor de uma Maria,
Que sumira para sempre,
Desde aquele triste dia.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui