Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Objetos-03-133
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Elisa pede passagem
Ingrid Regina...
R$ 39,70
(A Vista)






   > A GENTILEZA DO NATAL



ANNE DICKSON
      CRôNICAS

A GENTILEZA DO NATAL

  A GENTILEZA DO NATAL
( Anne Lieri)
 
Interessante notar como as pessoas ficam gentisno Natal.
Estou falando especialmente do mundo virtual.
Há um clima de amizade e cortesia entre todos.
Na vidareal isso já não é tão notável.
Há os gruposque se mobilizam em orfanatos,asilos e pelas ruas entregando alimentos e brinquedos.
Mas essa atitudedeveria ser uma constante o ano inteiro,o que infelizmente acabacom o final das festas natalinas.
Penso que somos humanos demais.
Não que seja um defeito,mas significa que temos um longo caminhar.
A atitude da gentilezaé um exercíciopara aprender a amar.
Como não somos anjos,essa atitude é despertadano Natal e termina quando acabam as festas.
Tudo volta ao normal: a impaciênciano transito,as desavençasfamiliares,a caridade é esquecida e o mundo continua a se auto destruir.
Proponho aqui um desafio à nossa humanidade:que possamos ficar com um pouquinho desse pózinho mágico que o Natal espalha por todo ano.
Exercitemos nossa generosidade diariamente,começando com a família,sorrindo para o marido/esposa,abraçando nossos filhos,ajudando nossos pais...quem sabe dessa forma a energia natalinanão fica mais um pouco?
Não pretendemos ser anjos,mas exercitar uma energia de tolerância,de desapego,de altruísmopode começar uma corrente do bemque fará nosso planeta,nosso cantinho, um lugar mais gostoso de viver.
Sabe aquela coisa de que o hábito não faz o monge?
Realmente não faz,mas de tanto ter a aparênciade um monge,um dia resolve meditar,no outro  estender a mão,até que se transforma num monge de verdade!
Talvez eu esteja sendo otimistademais,mas ainda acredito nas pessoas.
Acredito no Natal.
Eu irei tentar.
E você? Aceita esse desafio comigo?
 
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui