Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
R$ 55,70
(A Vista)



SÓ RIA, mesmo que...
Roberto de Souza
R$ 39,52
(A Vista)
INDISPONÍVEL




   > SÁBIOS: QUAIS SÃO?



Ilza Maria Saldanha Ribeiro
      PENSAMENTOS

SÁBIOS: QUAIS SÃO?

São felizes os que convivem entre sábios. E quais são estes sábios?
Aqueles que sabem que há tempo para semear e para colher os frutos;
aqueles que sabem lutar com dignidade por sua sobrevivência e vencer, respeitando o seu próximo;
aqueles que têm inteligência suficiente para conseguirem sua integridade social e profissional sem precisar empurrar o outro para ocupar o seu lugar;
aqueles que fazem sucesso sem correr atrás de sucesso;
aqueles que sentem a falta dos outros, porém não os julgam;
aqueles que sabem viver em sociedade conhecendo e respeitando as leis, sejam eles líderes ou membros de grupos sociais;
aqueles que não "fazem leis" simplesmente para prejudicar o seu próximo;
aqueles que reconhecem os seus direitos e deveres na família, em seu local de trabalho, na igreja ou em qualquer outro grupo social;
aqueles capazes de entender o que os outros estão passando;
aqueles que agem e reagem com prudência;
aqueles que a cada final do dia, ao se deitarem para dormir, examinam sua consciência para descobrirem os erros cometidos;
aqueles que sabem quando precisam pedir perdão e quando precisam ser perdoados;
aqueles que sabem o verdadeiro significado da palavra inveja, ciúmes, ignorância, exaltação, humildade, democracia;
aqueles que ao ouvirem alguém falar sobre a inveja ou sobre qualquer outro sentimento ruim, não digam que é porque têm “experiência própria no assunto”ou melhor explicando, vivem com estes sentimentos;
aqueles que não procuram ser notórios aonde chegam;
aqueles que não confundem potência com pré-potência, nem conceito com pré-conceito;
aqueles que sabem que no ambiente de trabalho eles são apenas funcionários e não donos;
aqueles que não se sobreestimam simplesmente por terem um ou mais níveis acima dos outros;
aqueles que procuram a causa das falhas dos outros antes de julgá-los ou condená-los;
aqueles que sabem que o erro é humano mas que procurar se acertar é uma virtude que não pode ser negligenciada;
aqueles que não se sobreestimam nem se subestimam perante os outros e reconhecem o potencial de cada um.
aqueles que sabem que tudo passa,e que somente as palavras de Jesus não passarão.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui