Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Entardecer em Porto...
Ingrid Regina...
R$ 66,42
(A Vista)



Estátuas-03-163
Airo Zamoner
R$ 0,00
(A Vista)






   > humanidade



Eudes Miguel da Silva
      ENSAIOS

humanidade

 

HUMANIDADE

 

Passa-se muito tempo tentando
humanizar as pessoas que ironia!
Para que tanto humanismo?
Para perpetuar-se o domínio dos
mais fortes?

Para torná-las mais dóceis?
A fim de que puxem o arado,
sem que haja reclamações?
Para trabalharem nos cafezais?
Nas minas e nas fábricas,
sem reclamarem seus direitos?

De que vale esse tal humanismo
onde tudo o que se pretende é
domar para pôr os arreios e cabrestos!
Prefiro ser considerado desumano
usufruindo minha liberdade
a ser humano escravo e subjugado.

 

 

 




CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui