Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (942)  
  Crônicas (726)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2532)  
  Resenhas (131)  

 
 
R$ 46,40
(A Vista)



Paisagens-01-012
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Caçada



BN Soares
      CRôNICAS

Caçada

Botas, arma, frio.
O campo está gelado.
Caminhando.
Os cães estão prá lá e prá cá, totalmente inquietos.
De repente para, rosna baixo e então, para. Totalmente. Não se mexe. Fica imóvel.
Cena de cinema.
Os caçadores vêem.
-É minha!
Aproxima-se e ordena:
- Pega.
A cadela praticamente salta para frente, com toda a força que consegue, então...
Aquele som único: o som do vôo de uma perdiz.
Cachorros latindo, levanta o cano da boito, vai passando, adrenalina subindo, rápido, lá está, acompanha...
Outro som único.
Acompanha os cães com o olhar.
Cachorro perdigueiro corre de maneira engraçada.
Lá estão eles. Pararam. Estão voltando.
Estão contentes. 
Vem ela com a perdiz na boca.
Entrega.
Mais uma. O pendurico está ficando cheio.
Troca o cartucho da arma.
Segue caminhando.
É assim.













CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui