Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Contos de Curitiba
Airo Zamoner
R$ 36,50
(A Vista)



Cidades-01-186
Airo Zamoner
R$ 0,00
(A Vista)






   > ORAÇÕES DO NEGRO E DO DESEMPREGADO



Romilson Elias Ribeiro
      POESIAS

ORAÇÕES DO NEGRO E DO DESEMPREGADO

ORAÇÃO DO NEGRO
 
Ó DEUS QUE O PRECONCEITO,
FIQUE BEM LONGE DE MIM,
QUE EU CONSIGA ESTE  DIREITO.
DO PRINCIPIO ATÉ O FIM.
 
MEU JESUS VOS PEÇO AGORA,
PRA VENCER TODO O RACISMO,
PRESENTE HORA APÓS  HORA,
NESTE NOSSO REALISMO.
 
MEU DEUS É COM VOSSA  GRAÇA,
QUE FAREI SEMPRE VENCER,
MINHA FORÇA E MINHA RAÇA,
EM PROL DE UM MELHOR  VIVER.
 
DAÍ-ME SEMPRE A CONSCIÊNCIA,
TÃO NEGRA  QUANTO MINHA PELE,
PARA QUE TODA A ESSÊNCIA, 
EM MIM PRONTA SE REVELE.
 
QUE MINHA RAÇA PREDOMINE,
E SAIBA SE DAR O  VALOR,
E QUE ISTO ME ENSINE,
SOBRE O VERDADEIRO AMOR.
 
QUE EU SEJA BASTANTE FORTE
DIAMANTE DA NAÇÃO,
BRILHANDO EM CADA ESPORTE,
E EM QUALQUER OCASIÃO.
 
JESUS DEGRANDE PIEDADE,
QUE  EU SEJA CONSCIENTE,
NO BUSCAR DA IGUALDADE,
PARA TODA MINHA GENTE.
 
 
 
 
ROMILSON ELIAS RIBEIRO 24-08-11 romilsonelias@hotmail.com
 
 
 

ORAÇÃO DO DESEMPREGADO
 
 
Ó DEUS QUE A PERSISTÊNCIA,
ENVOLVA TODO O MEU SER,
QUE EU TENHA  COM  PACIÊNCIA,
UM EMPREGO PRA VIVER.
 
QUE COM ELE A SAÚDE,
EU POSSA MELHOR TRATAR,
É COM ESTA ATITUDE,
QUE VIRÁ MEU BEM ESTAR.
 
ENQUANTO NÃO TENHO EMPREGO,
MEU JESUS QUE AMO TANTO,
DAÍ-ME O PRAZER DO SOSSEGO,
AQUI OU EM QUALQUER CANTO.
 
MAJESTADE  TÃO  DIVINO,
FAZEI QUE EU POSSA ENCONTRAR,
UM EMPREGO EM MEU DESTINO,
PRA MINHA VIDA MELHORAR.
 
QUE COMO DESEMPREGADO,
EU NÃO SEJA OCIOSO,
PROCURE POR TODO LADO
FAZER ALGO PROVEITOSO.
 
JESUS DA ETERNA GLÓRIA,
FAÇA-ME PREVALECER,
QUE O EMPREGO DA VITORIA
BREVEMENTE  POSSA  TER.
 
ROMILSON ELIAS RIBEIRO 24-08-11

 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui