Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
O SEGREDO DA PEDRA AZUL...
JORGE ANDERSON SILVA
R$ 56,10
(A Vista)



Estátuas-01-157
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > A PRIMAVERA



Luiz C. Lessa Alves
      CONTOS

A PRIMAVERA

A PRIMAVERA
 
           
Bateram-lhe à porta. O garoto atendeu. Era uma jovem linda, qual alvorecer! Pedia para entrar, prometendo trazer flores àquele céu de nuvens pretas. Mesmo tentado, ele disse:
- Não posso. Tenho que trabalhar na roça. - preocupava-se com verão frutífero, cogitado e sempre lembrado por seus pais. 
            Menino cresceu, tornou-se homem, esburacando, semeando... capinando a vida!
O hábito de ir e vir fê-lo se descuidar, caindo, acidentalmente, na cova da própria lida.
Quase soterrado feito grão, foi resgatado finalmente. Salvo, olhou o campo... Vendo-o vasto e vazio, pensou: “Meu Deus, quantas sementes plantei, só eu, a única que vingou!”.
            Ao perceber que o tempo fizera em pedaços grande espelho da vitrine, onde ele guardava sonhos e projetos, despencou no sofá, como folha amarela do outono. Sentado ali, observou, através da janela, o lúgubre inverno sorrateiramente se aproximando.
Saudoso, abraçou-se à imagem fugidia da Primavera batendo em seu umbral, refletida através da vitrine estilhaçada... e chorou!
 
(texto-lição de das minhas aulas do curso de escritor)


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui