Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
R$ 55,70
(A Vista)



Geométricas-03-217
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > A VIDA É IGUAL PARA TODOS



katia leandra lima pereira
      CRôNICAS

A VIDA É IGUAL PARA TODOS


A vida é igual para todos em toda a parte do mundo, o diferente é o modo como encaramos a vida.
Todos temos altos e baixos, tristezas e alegrias, sono e insônia, dinheiro e muita falta dele.
Mas o que importa é como lidamos com os problemas que surgem a cada momento do dia.
Eu não consigo lidar muito bem com os problemas. Gostaria de viver sem eles. Que eles me esquecessem. Mas a vida não é assim. Ou você resolve ou ele engorda a partir da sua negação.
Depois é difícil carregar um peso pesado a cada dia. No trabalho os problemas são normais, o anormal é quando você os leva para casa. Mas muitos podem dizer que é impossível pensar neles durante o repouso do guerreiro. Tome uma decisão, só pense ou resolva logo. Carregar para casa não dá.
Em casa temos os problemas domésticos, com marido, com filhos, com falta de água, de luz e vizinhos e tantas outras coisas que enchem a cabeça. Tome uma decisão logo, desista deles ou resolva um por um.
Às vezes, as soluções para os problemas surgirão do nada, então entre no vácuo. Fique lá (um lugar preferido teu) até a luz aparecer. Não fuja. Fugir só complica. Fugir só atrasa.
Pense num problema agora que está martelando você por dentro. Analise-o em todas as dimensões. Pense em todas as decisões que podem ser tomadas e tome-as. Elimine logo um. Depois pense no outro, e assim por diante.
Mas pense bem, depois da pedra atirada no rio, não tem como pegá-la de volta. E se pegar com certeza a pedra já não será a mesma. Trará lodo com ela, e não é mais isso que você quer em sua vida.
“A dor é inevitável. 
O sofrimento é opcional...” (Carlos Drummond de Andrade)



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui