Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Geométricas-03-217
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Na Mesma Moeda
Livino Virginio...
R$ 49,60
(A Vista)






   > A FADINHA AZUL.



Marlene Santos
      INFANTIL

A FADINHA AZUL.

A Fadinha Azul vivia lá nos lados do Sul
Diziam que ela era uma fada madrinha
E que fazia os sonhos virarem realidade.
Em uma cidade do Norte
Morava uma menina que achava que não tinha sorte.
Essa menina era uma menina muito impaciente
E vivia reclamando da vida.
Um dia ela resolveu ir atrás da Fadinha Azul
E seguiu viagem para o Sul.
Chegando ao Sul ela percorreu várias cidades
Em busca da Fadinha azul.
Já estava desanimada quando um dia foi despertada
Por um vento forte
Esse vento vinha do Norte
E trazia um recado para ela
Que depois de ouvir o recado ficou amarela
E quase desmaiou.
O vento lhe contou que assim que ela saiu de casa
A Fadinha Azul lhe procurou
Mas, não lhe achou.
O vento disse que a Fadinha azul foi para o Norte
Para lhe entregar a sua sorte
E como ela não estava lá
Seguiu levando a sorte para outro lugar.
a menina começou a chorar e pensou:
-Se eu tivesse sido
Um pouquinho mais paciente
Receberia o meu presente!
-Se eu tivesse ficado no Norte
Encontraria a Fadinha azul e com ela a minha sorte!
-Agora não sei o que fazer
Se volto para lá
Ou se fico aqui a esperar!
Então decidiu voltar para a sua casa no Norte
Para esperar a sorte.
Pois aprendeu que ter paciência é o que importa
Porque quando menos se espera a sorte bate em nossa porta.




CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui