Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2501)  
  Resenhas (129)  

 
 
Como Fazer...
Maristela Zamoner
R$ 21,10
(A Vista)



Enredos do Meu Tempo
Roberto Villani
R$ 30,50
(A Vista)






   > A CASA SEM TELHADO.



Marlene Santos
      INFANTIL

A CASA SEM TELHADO.

A casa sem telhado era um lugar
Onde os animais se reuniam
Principalmente à noite onde todos dormiam.
Na casa sem telhado
A galinha e o gavião dormiam lado a lado.
O rato fazia o gato de travesseiro
O bicho preguiça fazia a faxina diária
A vaca doava o seu leite
E as borboletas ficavam na parede como se fossem enfeites.
À noite os vaga lumes iluminavam a casa
Na madrugada o galo era o despertador
À tarde os papagaios contavam estórias para os demais.
Na casa sem telhado
A harmonia reinava entre os animais.
Mas, um dia apareceu um homem
Se dizendo o dono do lugar
No dia seguinte ele voltou com outros homens
E a casa mandou derrubar.
Foi um desespero geral
Mais uma vez, era o homem destruindo o mundo animal.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui