Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (942)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2531)  
  Resenhas (131)  

 
 
A VINGANÇA DO ANJO
Luc Ramos
R$ 32,10
(A Vista)



OBJEÇÃO DE...
ALEXANDRE STURION DE...
R$ 36,10
(A Vista)






   > A CASA SEM TELHADO.



Marlene Santos
      INFANTIL

A CASA SEM TELHADO.

A casa sem telhado era um lugar
Onde os animais se reuniam
Principalmente à noite onde todos dormiam.
Na casa sem telhado
A galinha e o gavião dormiam lado a lado.
O rato fazia o gato de travesseiro
O bicho preguiça fazia a faxina diária
A vaca doava o seu leite
E as borboletas ficavam na parede como se fossem enfeites.
À noite os vaga lumes iluminavam a casa
Na madrugada o galo era o despertador
À tarde os papagaios contavam estórias para os demais.
Na casa sem telhado
A harmonia reinava entre os animais.
Mas, um dia apareceu um homem
Se dizendo o dono do lugar
No dia seguinte ele voltou com outros homens
E a casa mandou derrubar.
Foi um desespero geral
Mais uma vez, era o homem destruindo o mundo animal.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui