Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
Na Mesma Moeda
Livino Virginio...
R$ 49,60
(A Vista)



Veículos-03-202
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Amor incondicional



Edinaldo Garcia
      POESIAS

Amor incondicional



 
Eu sei que flores não nascem no asfalto
Eu sei que o amor sim, pode brotar nos corações mais rústicos
Eu sei que rosas por mais lindas que sejam podem machucar mãos descuidadas
Belas e perfeitas!
E ainda sim nos machucam
Eu sei que nada dura para sempre
E que o amor, como tudo na vida, é relativo
Eu sei que às vezes pareço distante
E que nem sempre ouve de mim o que gostaria
Eu sei que não divirto você
E que pareço um bobo quando te vejo
Mas é por que tenho um grande amor, e ainda não sei como demonstrá-lo
Sei que nem tudo será como a gente quer
Eu sei que terei que me acostumar com essa abstinência
E que nada pode mudar o tamanho do meu amor
Eu sei que eu ainda esperarei por muitas horas só para ter dar um tchau
Mas ainda sim me sentirei bem por isso
Eu sei que não posso te amar como quero
Mas eu sei, também, que eu quero estar com você independentemente das circunstâncias
Eu sei que você me faz feliz sem fazer força
E que eu faço força para te ver feliz
Eu sei que às vezes te atrapalho
E não ajudo nunca
Eu sei acima de tudo que não posso ser feliz sem você
E minha vida se resume entre antes e depois de conhecer você.

Edinaldo Garcia
Escrito em Fevereiro de 2005



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui