Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Conquistas,apenas uma...
Itiel Monteiro de...
R$ 26,80
(A Vista)



Biologia Ambiental
Maristela Zamoner
R$ 97,80
(A Vista)






   > A Saga Rei Davi (Rede Record) Versus BBB (Rede Globo)



Marlos Mello
      ARTIGOS

A Saga Rei Davi (Rede Record) Versus BBB (Rede Globo)

A Saga "Rei Davi" (Rede Record) Versus "BBB" (Rede Globo)

Por Marlos Mello – Psicólogo Social

 

A Rede Record está realmente inovando em alguns aspectos da sua programação. Diante das “barbeiragens” e “barbarismos” do BBB da Rede Globo, a minissérie “Rei Davi” vem apresentando uma proposta mais “ortodoxa” de programação televisiva, a qual parece estar agradando ao público que responde com uma boa audiência (1).

 

Mas o que há de tão especial na história do Rei Davi?

Recheada de romance e cheia de intrigas, a minissérie “Rei Davi” retrata a história do Rei dos Hebreus que saiu do anonimato para assumir o trono após ser escolhido e ungido por Deus. O pano de fundo é a história de Davi, um jovem que através de sua humildade e, até mesmo sua ingenuidade, conquistou o lugar mais alto da esfera do poder da raça Humana: Ser Rei e conquistar a liderança de toda uma legião que via na expressão de Davi o olhar de um Deus misericordioso com o seu povo.

 

O Herói Davi contra-ataca.

Se aceitarmos que historicamente Davi venceu Golias, e que ele representava o povo hebreu na sua pobreza e miséria e o gigante ostentava as marcas da soberba e da riqueza, o que isso pode nos dizer? Trocando em miúdos, temos: de um lado Davi representando a Rede Record se apresentando como a “pobre” e “indefesa” que quer conquistar o seu lugar ao sol e para isso não mede esforços e, do outro lado, a Rede Globo, representada pela figura de Golias, O Gigante que jamais perdeu, inalcançável e incomparável.

 

Globo Versus Record

Mais uma vez a história nos ensina que o que parece às vezes é. E com a sua “atiradeira” caríssima de R$ 25 milhões de reais (2), Rei Davi (Rede Record) esta conseguindo chamar a atenção para sua brava luta. A Rede Globo com o seu feijão com arroz, bundas e romances baratos, não consegue mais garantir audiência. O que os telespectadores parecem querer ver mesmo são as intrigas de um reinado malfadado construído sobre a discórdia e sob grandes desafios e provas letais. Será a ficção ganhando da vida real? Ou será que o BBB nunca fez parte da vida real?

 

O reino de Davi parece mais verdadeiro que o reino de mentirinha da liderança de cada semana que já não chama mais atenção. O troca-troca de líderes e anjos , e os paredões, já não convence como antes. É um reino em naufrágio, e poderíamos perguntar: será o Rei Saul O líder do BBB da Rede Globo? Parece que o BBB também está precisando de um Rei Davi que com sua postura ingênua e humilde está conquistando o público sem se apresentar sem camisa ou coisas do gênero.

 

Será o Fim de uma Era?

Ainda é muito cedo para analisarmos se o BBB vai ser derrotado pelo Rei Davi, ou se a Rede Globo será derrotada pela Rede Record. No entanto, sabemos que essas são batalhas inglórias. Os perdedores e ganhadores jamais são eles mesmos. Quem ganha de fato são os anunciadores que percebem outras formas e opções para aplicar o seu produto. Se a fábrica do BBB não dá mais conta, certamente o Rei Davi encontrará um “espacinho” para comercializar alguns produtos. No final, o consumo deve prevalecer e não duvido que por aí não se veja alguma espada de Golias e de Davi sendo comercializada. Assim como fotos, CD e DVD da história do Rei que saiu do cenário bíblico para as telas da televisão.

 

1 - http://f5.folha.uol.com.br/colunistas/albertopereirajr/1042808-serie-rei-davi-preocupa-globo.shtml

 

2 - http://noticias.gospelmais.com.br/record-corre-finalizar-minisserie-sobre-rei-davi-custou-25-milhoes-29443.html
 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui