Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (131)  

 
 
45 dias e noites
Nadia Rockenback
R$ 30,00
(A Vista)



R$ 25,00
(A Vista)






   > Ouvir estrelas (licença poética)



Amarilia Teixeira Couto
      POESIAS

Ouvir estrelas (licença poética)

Ouvir estrelas (intertexto)

“Ora (direis) falar de política!
Certo perdeste o senso!”
E eu vos direi, no entanto,
Que o pranto hoje tão freqüente
Deve-se em parte ao descaso
De quem nunca antes
Se viu do país militante.
E vos direi ainda de forma incessante,
Que para saber do Brasil onde vivo
Eu abro as janelas pálido de espanto
E contemplo o céu, as estrelas,
todo o firmamento,
E penso nesse momento
O quão lindo e grandioso
é esse Brasil de meu Deus.
E como bom seria,
Se toda a periferia
As janelas de sua casa
pudesse abrir
E sorrir pro céu cor de anil,
Ou sentir o sol primaveril
Do mesmo jeito que eu,
Que aqui contemplativo
Me ponho a sonhar com as galáxias
E suspirar poesia.
Ah, se de política
os meus versos se impregnassem!
Por certo me enterneceria mais.
Ao sair de mim e ir atrás do meu semelhante,
De saber que a dor do outro pode ser a minha,
E que sozinho somos fracos,
Mas juntos somos norte
Na arte do bem viver.
E então direis agora:tresloucado amigo,
Por que pensas assim, não faz nenhum sentido!
Poesia nada tem com política,
é outra coisa muito mais sublime!
E eu vos direi: Amai para entendê-la!
Pois só quem ama pode ter desvelo
Por temas que envolvem o mundo inteiro,
Que podem conduzir a vida
para o bem ou para o mal,
Que tem a ver com o atendimento no hospital,
com a comida na mesa de forma tão desigual,
Com a escola que ensina certo
e a que nem saiu do papel,
Com aqueles que recebem carinho e
Com os que vivem ao léu,
Com os que se sentem no inferno
e os que se dizem no céu...

Só quem não ignora a política,
Que faz dela um exercício diário,
que não se permite ser otário
É que pode ser de verdade solidário
E será capaz de ouvir e entender estrelas.




CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui