Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Sobre gatunos e...
Erasmo Júnior de Melo...
R$ 49,60
(A Vista)



Estátuas-01-157
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > As mulheres terminam o relacionamento.E os homens?



Amarilia Teixeira Couto
      ARTIGOS

As mulheres terminam o relacionamento.E os homens?

Aqui estou novamente, pensando nas diferenças entre homens e mulheres.Elas são tantas, que a maioria dos livros de autoajuda fala sobre as idiossincrasias dos sexos e das dificuldades em se conseguir, na vida amorosa, o verdadeiro encontro. E não é à toa que esse tipo de literatura é consumido vorazmente em todos os países.Somos seres humanos, destinados ao amor, carentes do outro e, por que não dizer, necessidados de nós mesmos, uma vez que levamos toda uma existência para o nosso próprio conhecimento e nem sempre logramos êxito nessa empreitada.Enquanto nos inquietamos em busca de nossa verdade, de nossa essência, os homens (ah, os homens!)) passam longe (salvo algumas exceções) desse desassossego, dessa comichão emocional.Para eles tudo parece tão simples que chega a nos exasperar.Discutir a relação nem pensar!Olhos nos olhos para descobrir o interdito, o que foi guardado a sete chaves, é coisa de maluco.Pra que se arriscar? E enquanto a mulher ,com sua capacidade extrassensorial, vai percebendo o que não está bem, vai captando os sinais de tudo o que pode ameaçar o sonho da felicidade conjugal, ele, o Homem, vai vivendo a vida, ao sabor do vento e até das tempestades. De repente, as suspeitas viram fatos.O que era mera insatisfação tornou-se peso e maus tratos , desde a ausência do beijo, do afago, do sexo bem feito, da cumplicidade, passando pelo afastamento físico ,fundamentado em desculpas cada vez mais esfarrapadas. E aí a mulher quase sempre toma uma atitude: termina a relação. Quando chega a isso, muita água já passou debaixo da ponte, o desgaste já virou sofrimento há muito tempo e o sonho de uma vida tranquila a dois já não existe mais.O coração está fechado por tempo indeterminado.E o Homem, que também já percebera que as coisas não iam nada bem, vai levando, vai buscando compensação em outros lugares e fugindo do momento crucial.Abrir mão da mulher-faz-quase-tudo não é nada fácil.Recomeçar é tarefa para poucos, dividir patrimônio(quando existe) dá um desgaste emocional imenso.E então, na concepção masculina, é melhor ficar como está.Afinal, a vida oferece várias possibilidades fora do ambiente doméstico, não é mesmo? No entanto na visão feminina a questão é bem mais complexa.A mulher vai engolindo sapos de todos os tamanhos, vai avaliando os prós e contras de tudo o que está vivendo.E quando chega a tomar uma decisão é, na maioria das vezes, definitiva.Ela termina a relação, seja ela recente ou de uma vida inteira.E pode até parecer crueldade, mas sempre o faz olhando nos olhos do parceiro e arrolando os motivos de sua decisão.Mesmo que, misturadas às palavras, as lágrimas escorram copiosas pela face e o coração magoado quase saia pela boca.
Sei que meus queridos leitores ,que de vez enquando me dão a honra de uma leitura ,podem não concordar com o meu pensamento aqui exposto, mas creio que concordarão num ponto:As mulheres têm aprendido com os homens a serem mais racionais, o que é muito bom.Resta agora que o contrário ocorra também, ou seja, os homens devem aprender a enfrentar as suas dificuldades afetivas e tentar resolvê-las.Assim, sem fugas, sem subterfúgios, todos sairão ganhando.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui