Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Alerta das Estrelas
Francisco Ederaldo...
R$ 77,70
(A Vista)



Arquitetura-03-418
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Educação x Poder Público



Beatriz Aparecida Gonçalves Bastos
      ARTIGOS

Educação x Poder Público

 Educação x Poder Público
A educação de hoje está passando por dificuldades (dificuldade de se ter um ensino de qualidade nas escolas públicas, a fragmentação da gestão pública na educação, nas instituições federais sobram recursos para qualquer setor, enquanto que as escolas municipais e estaduais pagam muito mal para os professores e não têm condições de financiamento para se desenvolver um ensino de qualidade, contando ainda com baixo IDB nas avaliações).Todos nós vemos e ouvimos isso o tempo todo, isto não é nenhuma novidade, mas o que nos deixa frustrados é que a culpa é sempre do educador, ou melhor, dizendo colocam a culpa nos educadores. A primeira coisa que ouvimos é: educador não tem boa formação! O educador precisa de mais formação! O educador precisa buscar mais conhecimento!
Vale ressaltar que a maioria dos educadores brasileiros busca formação e são capacitados para trabalhar em salas de aulas e escolheram esta profissão por amor, mas também por um salário digno. Muitos deles sonham em fazer um mestrado, ir além dos conhecimentos já adquiridos, mas coitados, com que recursos, se o salário baixo é a única fonte de renda.
 O que o poder público não vê é que a real valorização do magistério precisa ter três alicerces sólidos: boa formação inicial, boa formação continuada e boas condições de trabalho, salário e carreira.É inaceitável num país como o nosso, que se fala tanto em educação de qualidade, um professor que frequenta anos de faculdade, cursos em trabalho, ganhar o que está ganhando hoje. Lembrando ainda que a superlotação das salas de aula, alunos em diferentes níveis de aprendizagem, alunos com NEE (Necessidade Educativa especial) entre outros casos necessitam de um professor qualificado e preparado para garantir a aprendizagem de todos. Assim como qualquer outro profissional, o professor precisa de motivação para vencer a cada dia as dificuldades de uma sala de aula. Educador feliz, motivado e valorizado contribui para uma educação de qualidade.
Lembro-me daquela jovem que subiu ao plenário em rede nacional para contestar o salário do professor, o que adiantou? Nada não é mesmo? Então percebo o que leva o professor a frustração é que ninguém faz nada, sala cheia, baixo salário. E as autoridades e os políticos o que estão fazendo? Só esperando o final do mês com seus altos salários serem depositados em suas contas? Essa é a cara do nosso Brasil.
             Beatriz Aparecida Gonçalves Bastos



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui