Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2501)  
  Resenhas (129)  

 
 
Bagunçando Brasília.
Airo Zamoner
R$ 30,50
(A Vista)



Abstrato-03-772
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > lagartinha



André Francisco Gil
      INFANTIL

lagartinha

Buraco,pequeno,apertado,sua casinha.
-Preciso d'espaço-disse a lagartinha.
E saiu em busca de nova morada.
Uma casa toda espaçosa.
Onde as pernas possam ser esticadas.
Onde a polpa da nova casa seja adocicada.
Onde possa dar uma boa bocejada.
Lagarta farta de folhas.
Lagarta come-come,procura outra coisa.
-Vou encontrar minha tão desejada moradia.
Encontrou um abacate.
-Polpa mole,logo apodrece.
Encontrou uma melancia.
-Polpa molhada,vou me afogar.
Encontrou um abacaxi.
-Casca dura,polpa estranha.
Encontrou uma goiaba.
-Pequenainda.
Encontrou um jabuticaba.
-Muito apertada.
Encontrou então outra maçã mas dessa vez bem grande,bem vermelhinha.
-Sou lagartinha de maçã.
Abriu um buraco e lá se enfiou
e aos poucos a polparede de sua casa saboreou.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui