Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Kalls - Amanhecer
Diego Lincoln Campos
R$ 42,90
(A Vista)



Memórias do Velho...
Heráclito Júlio...
R$ 37,70
(A Vista)






   > No meu sertão



ALINE JULIANA PEREIRA DA SILVA
      PENSAMENTOS

No meu sertão

Lá vai ao som do ritmo e da melodia, caminhando em passos lentos.
-Ô morena! Essa é da boa!
Diz um ali, diz outro aculá. E a morena vai andando. Vai seguindo. Faz sol. Tem ventos suaves. A natureza brinca com a paz. Os pássaros cantam suas lindas notas músicais. Algumas rapazes a beber nos bares e crianças brincando nas árvores de manga... Isso lhe provoca um sorriso tímido, lembrando-se do seu tempo de menina.
-Tempo bom que não volta mais!
Lá vai a menina. Coitada! Nem sabe que de costas, parece um tornado. Lá vai a menina andando em passos retos. De dia é uma flor e de noite é uma...
Pra onde tu vais menina?
Ela não responde. Ela apenas anda. 
Ah! Entendi. Está a ouvir músicas naquele tal iPOD.
-É reggae, forró ou mpb? Diz morena...
Lá vai a morena a desfilar com os luxos da cidade grande.
Aqui é terra, areia, simplicidade e alegria. Vai morena, vai andando, vai seguindo que aqui é sertão. 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui