Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
A cerca do João...
Airo Zamoner
R$ 10,80
(A Vista)



Vida em Palavras
Gilmar Camilo Pereira
R$ 53,40
(A Vista)






   > ANTONIO CONSELHEIRO E O LAMPIÃO



EDIJANE ARANTES
      ENSAIOS

ANTONIO CONSELHEIRO E O LAMPIÃO


 
José Augusto e Rafael Menezes
 
Antônio Conselheiro
Diferente do Cangaceiro
Extremamente brasileiro
Fazendo pregação no sertão inteiro
 
Antônio foi um homem de bom coração
Trouxe evangelização
Para o nordestino do sertão
Inteligente quando menino.
Decidiu traçar seu caminho
Por esse mundo daninho
 
Para os podres dos nordeste
Deixou sua fama com dignidade
De um grande evangélico
Sempre contra a crueldade.
 
Por esse lado do sertão
também havia criminoso
dou um exemplo horroroso
O lampião!
 
Os crimes terminaram-se
O criminoso era eu
Os santinhos me mataram
Um lampião de apagou
mas minha mulher ficou.
 
Para dominar os lugares
matar as famílias e destruir lares
levando tudo de valor,
Sem um pingo de amor.
 
Por onde a gente passava
Uma estória de vida alguém contava.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui