Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (645)  
  Poesias (2513)  
  Resenhas (130)  

 
 
Objetos-02-126
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Apenas um Minuto
Lidia Maria Cardia
R$ 34,10
(A Vista)






   > Olhos de Omófago



André Francisco Gil
      POESIAS

Olhos de Omófago

Cantam a alma em seu sepulcro,
em seu jaz(z)igo.
Onde se aquece ad aeternum,infinito.
Arrastando-se nos escombros
para fugir da luz.
Zumbi ou vampiro?
Tempo fechado
não se vê estrelas.
Toca escura onde
não se vê vida.
Espaço preenchido de tristeza.
Corpos cintilantes sem sorriso.
Coração vazio.

Olhos de Adonai sobre o uni(verso).
Apresenta-te a vida,Yeshua Adonai.
Liberta-o da corrente de Mordechai.
Jazigo do submundo,escuridão.
Levanta-o do escombro oculto.
Visões sombrias
        As(sombra)ções.
Medo da sala fria.
Quem vai adiante
lampejando as muralhas?
Cantam o frio e ainda adubam soníferos
e pesadelos.
Luz para o corpobscuro.
Tens se fechado para a fuga.
Enquanto os demônios estão a solta.
Encerrado na catacumba.
:Infinitum,meu frio abismo

Na vida oculta
toca luz,Yeshua Tsikedenu.
Arrastando-se para o vazio.
Coração,tua casa será preenchida.
Essa ferida,em carne-viva
que não cicatriza.
Sepulcro,sala escura.
Silêncio,sepultura.
Rosas murchas.
Medo do abismo.
Medo dos vermes.
Próximo do precipício
alucinógeno alienígeno.
Perto do sabá de Satã
perto do fim
:me salve Yeshua Mikisdaskin

No jazigo tanta vilania
onde cintila o infinito.
Estrela ainda é um organismo.
Apresenta-lhe o escombro
e suas visões de monturo.
Fazendo-o suspeitar de todo mundo.
Sinfônica macabra de anjos decaídos.
Olhos de omófago.
:ontem fez frio
Casa do abismo,universo sombrio.
Moscas gordas sobre o monturo.
Medo da vilania do obscuro.
Submundo,escuridão
muralhas intransponíveis.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui