Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Será o Benedito?
Airo Zamoner
R$ 10,80
(A Vista)



Entardecer em Porto...
Ingrid Regina...
R$ 66,42
(A Vista)






   > Para a dendê, acarajé, vatapá ou sardinha



orlando ciuffi filho
      CONTOS

Para a dendê, acarajé, vatapá ou sardinha

  Para a dendê, acarajé, vatapá, ou sardinha.
Pelo que li no currículo da dendê ela é uma pedagoga, e outras faculdades mais, mas não consta que seja psicóloga ou psiquiatra.
Meus trabalhos foram escritos e estão disponibilizados para serem lidos, criticados, elogiados ou sem comentários e realmente é só isso me interessa. Quanto a meu caráter, meu bom ou mau humor cabe a mim e aos meus familiares decidirem o que devo fazer. Informo a quem se interessar que não só continuo sendo o Landinho com meu anjo sempre me auxiliando até hoje e que continuo tranquilo no seio de minha família e com meus amigos, portanto parece que não tenho necessidade de análise, pelo menos no entender das pessoas que me rodeiam, mas se algum deles por ventura sugerir que devo procurar um profissional da área para decidir sobre mim e o que fazer para melhorar se me for necessário, assim o farei, entretanto quero e devo ser analisado por quem estudou e entende da mente humana, se é que isso seja realmente possível.  Por isso peço a meus leitores que se restrinjam a comentários sobre meus escritos e não sobre minha pessoa.
Obrigado por todos terem me entendido, pois é o que venho fazendo sobre os trabalhos que leio e apenas tenho dado algumas respostas às pessoas que primeiro falam sobre mim, exigindo o mesmo tratamento, mas isso não deve ser o rotineiro e foi por isso que mandei esse recado para que não aconteçam mais tais situações desinteressantes que de fato afloram meu mal estar e meu mau humor que com certeza é apoiado por meu anjo que também não gosta de situações irritantes e desnecessárias ao bom viver.
Abraços,
ociuffi 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui