Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
SÓCRATES: o filósofo...
Kairon Pereira de...
R$ 26,80
(A Vista)



A cerca do João...
Airo Zamoner
R$ 10,80
(A Vista)






   > A LUZ DE CADA UM



Elisabeth Silva de Almeida Amorim
      PENSAMENTOS

A LUZ DE CADA UM

DEUS não é vingativo nem injusto, deu-nos luz própria. Cada ser humano tem o dom de brilhar e contagiar o próximo com a sua luz, basta  permitir.
 
Não há pessoas com mais brilho ou menos que outras. As habilidades humanas são trabalhadas e melhoradas a cada dia. Você pode não saber nadar feito um peixe, mas sabe cantar, falar, escrever, sorrir e fazer mil coisas que os peixes não sabem. Por quê? Porque houve um momento da sua vida que você se permitiu a aprender. A nossa vida é uma aprendizagem constante, se nos fechamos perdemos a chance e o trem passa.
 
Não apague nem diminua o facho da sua luz, há muitas pessoas que precisam desse seu brilho natural. E o seu brilho unindo a outros brilhos as trevas deixarão de existir.
 
Às vezes o homem busca a luz e caminha em direção as trevas. E ás vezes é jogado nas trevas e encontra a luz.
 
No dia que a humanidade descobrir que a igualdade dos seres é justamente pelas diferenças, o mundo será outro. Só somos iguais porque somos diferentes. E é essa diferença que  faz cada dia valer a pena.
 
O que mais angustia o homem não é preservar a própria luz, mas tentar apagar a do outro, por isso que a felicidade se distancia para quem percorre esse caminho.
 
LUZ é descobrir em DEUS o poder do seu brilho.  A força da sua misericórdia. A extensão do seu limite.  E  o benefício do seu perdão.
 
Você é um ser de luz, seu  brilho é inconfundível. Valorize-o que a felicidade encontrará o seu endereço.
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui