Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Gestão Empresarial e...
Juliane H Cantini
R$ 44,20
(A Vista)



Vida em Palavras
Gilmar Camilo Pereira
R$ 53,40
(A Vista)






   > O GAFANHOTO MAROTO.



Marlene Santos
      INFANTIL

O GAFANHOTO MAROTO.

 O Gafanhoto maroto
Andava paquerando a Esperança
Que nem lhe dava confiança.
Ele não estava apaixonado por ela.
O que ele queria mesmo era atrair para ele
A boa sorte que ela tem.
Achava que ficando juntos seria sortudo também.
Todas as manhãs a esperança saia para passear
E o Gafanhoto aproveitava para lhe galantear.
Mas, ela nem lhe dava bola, dava meia volta e ia embora.
Ele porém não se dava por vencido
No dia seguinte lá estava ele lorotando em seus ouvidos.
A Esperança continuava levando boa sorte para os desconhecidos.           
”Nunca, jamais daria sua boa sorte para aquele Gafanhoto atrevido”.
“Ele que fosse procurar sua sorte em outro lugar.”
“Porque se dependesse dela, ele nunca ia lhe conquistar.”
E ele sem saber que ela sabia da sua intenção.
Continuava tentando conquistar o seu coração.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui